Surfista escapa de tubarão
Reprodução
Surfista escapa de tubarão

Um surfista está desaparecido após um ataque de um tubarão em uma praia perto de Esperance, na Austrália.

De acordo com as primeiras informações da polícia local, várias testemunhas viram o homem sendo atacado na praia Kelp Beds, em Wylie Bay. Ele teria levado “uma grave mordida". Uma prancha de surfe com “sinais óbvios de ataque de tubarão” foi recuperada pouco tempo depois.

“Havia cerca de seis a oito surfistas que estavam na água no momento e uma série de pessoas na praia que testemunharam o ataque”, disse o sargento Sen Justin Tarasinski, confirmando que uma grande equipe de busca está procurando pelo surfista, incluindo dois jet skis, dois navios de resgate da Marinha e dois outros navios. “A busca continuará enquanto as condições forem favoráveis ​​e enquanto essas condições nos permitirem.”

O premiê Mark McGowan, revelou que outro surfista tentou puxar a vítima para longe do tubarão. “Infelizmente, ele não foi recuperado. É uma situação muito, muito difícil e potencialmente trágica acontecendo em Esperance", apontou.

Testemunhas disseram que viram um tubarão nadando na água momentos antes do ataque. “Avistei um tubarão a cerca de 50 a 100 metros de distância. Chamei meu parceiro para sair e no minuto seguinte tínhamos ambulâncias passando por nós ”, disse Sammy Bamford, uma das testemunhas.

A praia, alías, já viu ataques de tubarões antes. Laeticia Brouwer, 17, morreu após uma mordida de um tubarão na mesma praia em abril de 2017. Em 2014, o surfista Sean Pollard perdeu um braço e a outra mão em um ataque no mesmo local.

No início desta semana, imagens de drones capturaram a fuga do surfista profissional Matt Wilkinson (fotos) de um grande tubarão branco medindo cerca de 2,5 metros ao largo da costa de Ballina, no norte de New South Wales.


Até agora, houve seis mortes confirmadas por ataques de tubarão na Austrália em 2020. O experiente mergulhador Gary Johnson, 57, foi morto perto da Ilha Cull em Esperance, na costa sul da Austrália Ocidental, em janeiro. Um tubarão matou Zachary Robba, guarda-florestal de Queensland, de 23 anos, em abril, na Ilha Noroeste, no sul da Grande Barreira de Corais. O surfista da Gold Coast Rob Pedretti, 60, morreu depois de ser atacado em Salt Beach em South Kingscliff no norte de NSW em junho.

Em julho, um homem de 36 anos de Sunshine Coast morreu após ser atacado durante uma caça submarina na Ilha Fraser, em Queensland. Mais tarde, no mesmo mês, um adolescente morreu enquanto surfava em Wilsons Headland em Wooli Beach, no norte de NSW. Por fim, um homem de 46 anos da Costa do Ouro, Nick Slater, morreu em setembro depois de ser mordido por um tubarão enquanto surfava na praia de Greenmount, em Coolangatta.

    Veja Também

      Mostrar mais