Acusado de violação cibernética  por Najila Trindade , Neymar teve o caso de 2019 encerrado nesta quinta-feira (08), pelo juiz Marcel Laguna Duque Estrada.

Najila Trindade e Neymar
iG / Reprodução Instagram
Najila Trindade e Neymar


Além de acusar Neymar de estupro, Najila também acusou o craque de violações de crimes cibernéticos por divulgar fotos íntimas da jovem mas, em ambos os casos, a investigação não resultou em nenhuma acusação contra ele. A acusação de estupro já havia sido encerrada em 2019.

Neymar foi acusado por postar imagens íntimas e mensagens de Najila sem a autorização dela, o que poderia ser considerado violação de sua privacidade online. Na época, ele disse que as imagens foram publicadas por sua equipe.


Relembre

O jogador foi acusado de estupro por Najila em junho de 2019. Para negar a acusação, ele usou asredes sociais para expor sua conversa do Whatsapp com a jovem.


Neymar confirmou ter se envolvido com a modelo, mas negou que tenha estuprado. "O que aconteceu foi uma relação entre homem e mulher, dentro de quatro paredes, algo que acontece com todo casal e no dia seguinte não aconteceu nada demais, a gente continuou trocando mensagem, ela me pediu uma lembrança ao filho e eu ia levar. Agora fui pego de surpresa", disse na época.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais