Lance

Andrés Sanchez%2C presidente do Corinthians
Reprodução
Andrés Sanchez, presidente do Corinthians


Conforme publicado na noite da última segunda-feira, a Gaviões da Fiel , principal torcida organizada do Corinthians , esteve em frente ao CT Joaquim Grava , na tarde desta terça-feira, para protestar contra a má fase do time na temporada. Entre gritos e músicas, os xingamentos foram direcionados, inclusive, para ídolos do clube como Fagner e Cássio, um dos mais cobrados.

Cerca de 300 torcedores, aglomerados e muitos sem portar máscaras, estiveram presentes no local, vigiado pela Polícia Militar, que se deslocou em peso para monitorar a manifestação , com unidades dentro e fora do CT corintiano. Além das canções e dos instrumentos musicais, foram colocadas faixas na fachada do centro de treinamento com cobranças e xingamentos.

Veja os dizeres de algumas faixas colocadas no local:

"Situação e oposição: o câncer do timão"
"Fiel Torcedor direito ao voto"
"Time sem alma e sem vontade"
"Diretoria omi$$a"
"Ameaça??? É o rebaixamento"
"+ futebol - desculpas"
"Exigimos um treinador"
"Cássio, Fagner, Gil, Avelar, Jô... serão cobrados todos, sim"


Como é possível ver pelo conteúdo dos textos das faixas, os ídolos do clube não foram poupados e acabaram colocados no mesmo balaio da diretoria e do presidente Andrés Sanchez , que foi um dos principais alvos dos xingamentos nas músicas entoadas pelos torcedores. Entre as cobranças estiveram o dinheiro de Pedrinho, menos mentiras e o pedido pela saída do presidente.

Confira as músicas que os torcedores cantaram:

"Fora todo mundo, diretoria omissa, elenco vagabundo"
"Time sem vontade, ou joga bola ou sai fora, seus covardes"
"Alô Andrés, vai se f****, arruma essa cag*** ou eu vou pegar você"
"Não é mole, não, tem que ser homem para jogar no Coringão"
"Alô Andrés, vê se para de contar mentira"
"Alô Cássio, preste atenção, a sua história não é maior que o Coringão"
"Cássio, seu cu***, você jogou bola, não fez mais que a obrigação"
"P*** que pariu, dinheiro do Pedrinho, ninguém sabe, ninguém viu, sumiu"
"Alô Luan, vai se f****, o Coringão não precisa de você"
"Luan, cu***, fora do Timão"
"P*** que pariu, cadê o Fagner, ninguém sabe, ninguém viu, sumiu"
"Andrés, cu***, fora do Timão"

Os torcedores ainda lembraram do episódio do aeroporto, em que foram criticados por protestar de forma truculenta no desembarque do elenco que voltava do Rio de Janeiro após derrota para o Fluminense. Além disso, o grupo lembro do clássico desta quarta-feira, contra o Santos e exigiu vitória. O jogo acontece na Neo Química Arena, às 19h, com portões fechados.

"Ameaça é o car****, sou torcedor e pago seu salário"
"É guerra, é guerra, é guerra, amanhã é guerra"

    Veja Também

      Mostrar mais