Jogador mais consistente do Real Madrid durante as duas passagens do treinador Zinedine Zidane , Casemiro falou um pouco sobre sua relação com o comandante do time. Em entrevista ao jornal britânico "The Guardian", o craque brasileiro confessou a idolatria pelo campeão fracês.

miro miro
Reprodução/Twitter/premierleague
Casemiro


— Ainda hoje eu fico um pouco nervoso conversando com ele. Eu digo que ele não sabe o que ele significava para nós, para mim — disse Casemiro .

O jogador foi questinado se a relação de admiração não era abalada pela conquista da França sobre o Brasil, afinal, Zidane fazia parte do time campeão do mundo em 1998 com uma vitória por 3 a 0.

— Eu digo a ele: você levou 98, mas não mudou nada. Além disso, conhecendo-o agora, posso dizer que ele merece. Ele é incrível: a humildade, como ele expressa o futebol. Ele nos trata com muito carinho e amor — respondeu o brasileiro.

Mas essa relação nem smepre foi tão harmônica. No começo da primeira passagem de Zidane no comando do Real Madrid, Casemiro ainda não havia sido aproveitado e resolveu ir pedir uma chance ao treinador. Bateu na porta do escritório do francês e deixou claro: faria o que fosse preciso para ter uma oportunidade.

— Ele é um especialista, sabe a importância de todos os jogadores, confia muito em mim, sempre está me pedindo para fazer mais, atacar, conduzir a bola. Ele sabe do que eu posso fazer — acrescentou Casemiro.

    Veja Também

      Mostrar mais