No último sábado, o apresentador Rodrigo Rodrigues deu entrada na emergência do Hospital da Unimed, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, apresentando dor de cabeça, vômito e desorientação, além de diagnóstico prévio de Covid-19 .

Por conta do vírus, teve uma trombose venosa cerebral,  precisando passar por uma intervenção cirúrgica para avaliar a pressão intracraniana .

Segundo o último boletim médico, após realização de novos exames, ele segue em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu quadro de saúde é grave. Ele foi submetido ao procedimento para diminuição de pressão excessiva causada por acúmulo de sangue no cérebro.

Diante da situação, muitos colegas de profissão e amigos têm se manifestado publicamente e enviado apoio a Rodrigo e a seus familiares. Um dos mais abalados é o jornalista Alê Oliveira , que chorou e pediu desculpa por ter tido um encontro em São Paulo com o amigo, dando a entender que foi esta viagem que fez contrair a Covid-19.

No relato, Alê conta que está passando "por um momento muito difícil pessoal" e Rodrigo, com quem trabalhou junto na ESPN Brasil e no Esporte Interativo , o ajudou, tanto que colocou o apartamento dele em São Paulo à disposição. "Mas por causa dessa visita, a coisa não saiu como a gente esperava para ele", afirmou Alê. 

Foi justamente após esse encontro, que tanto Alê Oliveira como Rodrigo Rodrigues manifestaram sintomas de Covid-19 , com o segundo sendo afastado do trabalho.

Ver essa foto no Instagram

Pensamento positivo e oração.

Uma publicação compartilhada por Alê Oliveira (@aleoliveira) em



O narrador Galvão Bueno também falou e usou as redes sociais para desejar uma pronta recuperação ao apresentador. "Rodrigo, talento puro e gente do bem! Lute muito, amigo! Que Deus esteja com você", escreveu em seu Instagram.



Cleber Machado também se manifestou. Na abertura do "Bem, Amigos!", ele citou a internação do colega e disse que está com 'o coração apertado' e questionou o momento de flexibilização da quarentena no país.

"O nome do nosso programa é 'Bem, Amigos!'. O 'bem' é uma questão de equilíbrio geral, individual, coletivo, com uma série de princípios gerais. E o 'amigos', é difícil você ter amigos em quem você confia, de quem você não quer ficar distante. E o mais difícil é ser amigo. Exige solidariedade, entrega. É preciso ter uma vocação", pontuou.

Assim como eles, clubes e ex-jogadores usaram as redes sociais para demonstrar solidariedade ao apresentador. O argentino Sorin, que trabalhou com Rodrigo na ESPN, mandou uma mensagem carinhosa. “Vamos Rodrigo, vamos parceiro estamos te mandando toda a força energia e corrente positiva desde Argentina. Vamos que tem que sair dessa amigo, te precisamos tocando, apresentando, escrevendo e com seu sorriso intacto, seu astral sempre para cima e sua curiosidade de criança inquieto e feliz", escreveu.

Além disso, o Redação SporTV de hoje abriu a edição de hoje com pedidos de orações.

Veja o último boletim médico:

O Hospital Unimed-Rio informa que, após a realização de novos exames, o paciente Rodrigo Rodrigues segue em coma induzido, em estado grave, monitorizado em unidade de terapia intensiva.

No último domingo, 26/07, o paciente foi submetido a procedimento para diminuição da pressão intracraniana em decorrência de trombose venosa cerebral. Rodrigo havia dado entrada na emergência da nossa unidade no sábado, 25/07, com quadro de cefaleia, vômitos e desorientação, além de diagnóstico prévio de Covid-19.


    Veja Também

      Mostrar mais