Bolsonaro posa com a camisa do Flamengo ao lado de Rodolfo Landim
Reprodução
Bolsonaro posa com a camisa do Flamengo ao lado de Rodolfo Landim

A transmissão da partida entre Flamengo e Boavista pelas redes sociais foi comemorada pelo clube carioca e exaltada pelo presidente da república, Jair Bolsonaro . Em uma "live" realizada na última quinta-feira, o chefe do poder executivo festejou a transmissão e para exaltar o cenário histórico de um jogo que só poderia ser acompanhado via internet, sem TV, acabou escorregando nos números. As informações são do portal "UOL".

Jair Bolsonaro citou que a emissora que transmitia os jogos do Flamengo anteriormente pagava "R$ 500 mil, R$ 600 mil por cada jogo" e que, desta vez, o clube carioca teria faturado "mais de R$ 10 milhões transmitindo na internet". Os dados, porém, não seriam corretos.
De acordo com o portal, o Flamengo teria arrecadado pouco menos de R$ 900 mil no jogo contra o Boavista, valor 11 vezes menor que o citado de maneira equivocada pelo presidente para festejar a transmissão. Rubro-negro faturou com "ingressos virtuais", com uma ação pontual com uma cervejaria, exibição de pequenas marcas ao longo da partida e uma cota pequena das plataformas YouTube e Facebook.

Além disso, os tais "R$ 500 mil, R$ 600 mil por jogo" também não seriam verdadeiros. No ano passado, só da Globo, o Flamengo teria recebido cerca de R$ 244 milhões. Ao todo foram 76 jogos disputados pelo clube carioca na temporada, entre Campeonato Carioca, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores e Mundial de Clubes.

    Veja Também

      Mostrar mais