Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê gestor do Botafogo , voltou a se posicionar com firmeza contra o retorno do futebol carioca. Na última quinta-feira, o Flamengo derrotou o Bangu por 3 a 0. O dirigente afirmou que a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) está com um clima de favorecimento do clube da Gávea.


botafogo
Reprodução
Carlos Augusto Montenegro, dirigente do Botafogo


“O problema do Brasil é a máscara. Todo mundo fala de usar. Mas eu estou achando o ambiente rubro-negro na Federação. Eles estão muito mascarados, arrogantes, achando que estão em outro patamar, o presidente do Flamengo , da Federação, do TJD”, disparou em entrevista à "Fox Sports".

Montenegro ainda afirmou que o Flamengo será o campeão carioca. No entanto, ele descartou qualquer tipo de favorecimento que o clube da Gávea possa ter pelo posicionamento alinhado com a Federação.


“Não (está armado para o Flamengo), vai ganhar naturalmente, só não precisa ganhar de uma forma covarde, sem deixar o Botafogo e o Fluminense treinarem. Você tem dúvida que o Flamengo tem o melhor elenco? Tem dúvida de que o Flamengo treina há 40 dias e dá uma vantagem grande em cima dos outros. Não está armado, o Flamengo vai ganhar naturalmente, mas não precisa humilhar, ser covarde e não deixar treinar pelo menos 10 dias. Nós não quisemos treinar porque respeitamos o isolamento social. Não está sob controle. O presidente da Federação é grupo de risco, vários presidentes são do grupo de risco. Eu, Montenegro, sou grupo de risco”, finalizou.

    Veja Também

      Mostrar mais