Ex-volante Edmílson elogiou o presidente Bolsonaro
Reprodução / FIFA
Ex-volante Edmílson elogiou o presidente Bolsonaro

Campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002, o volante Edmílson manifestou apoio às colocações do presidente Bolsonaro . Na opinião do ex-jogador, as medidas de isolamento adotadas no Brasil foram precipitadas.

Leia também: Deputado pede denúncia e acaba bombardeado com fotos de Vampeta pelado

"O Brasil é muito grande e não se pode parar o país. Houve precipitação no confinamento, teria que se esperar um pouco mais. Agora, as pessoas estão morrendo de fome. Elas não podem ficar mais em casa, se passaram mais de 70 dias (em casa). Não se pode aguentar isso", declarou Edmílson à rádio "Onda Cero".

O ex-jogador afirmou enxergar uma "briga política" em meio à pandemia e fez críticas ao ex-presidente Lula .

"Eu vejo uma briga política. A imprensa do Brasil está contra Jair Bolsonaro. Ele me convence 100%. Saiu a cavalo em Brasília, onde há poucos infectados. Em São Paulo houve manifestação para defender a democracia. Mas eram pessoas de esquerda, colocando fogo nas coisas… Eu estou 100% com o presidente, não pelo que está fazendo pela pandemia, mas por seus propósitos como cidadão. É um senhor temente a Deus, crê na família, é uma pessoa com quase 1000 dias de governo não foi acusado de corrupção…. Lula roubou quase 300 milhões de reais. Até que esse senhor não demonstre que não tenha um problema de corrupção, eu acredito nele. Não somente eu, todos aqueles que votaram nele. O partido de Lula esteve 16 anos no poder, tiveram boas coisas, mas também fizeram o maior roubo da história de um país”, completou.

    Veja Também

      Mostrar mais