Suposta nova camisa do Corinthians que vazou na internet
Reprodução da internet
Suposta nova camisa do Corinthians que vazou na internet

A crise provocada pelo coronavírus atrapalhou o cronograma de lançamento da camisa oficial do Corinthians para 2020. Prevista inicialmente para o mês de abril, a estreia do primeiro uniforme ficará somente para junho.

O que se sabe até agora é que a vestimenta fará uma homenagem aos 30 anos da conquista do primeiro Campeonato Brasileiro, em 1990, título que teve como protagonista o meia Neto , hoje apresentador. Já o uniforme número dois será a tradicional camisa listrada em preto e branco, também usada naquela época. Ao contrário da primeira camisa, porém, ainda não está definido a data de lançamento.

Leia mais: Corinthians ajuda famílias a encontrar crianças desaparecidas

O terceiro uniforme, que fará alusão ao Corinthian-Casuals , time inglês que deu origem ao alvinegro, tem previsão para sair em setembro, mês de aniversário do clube. A expectativa que é ela seja predominantemente marrom, com detalhes azuis e rosas, as mesmas cores do time em questão. 

Em todas camisas, por sua vez, estará escrito: “Onde tudo começou”, em referência ao primeiro dos sete títulos nacional do Corinthians. Alguns dos campeões brasileiros de 1990, entre eles, Neto e Tupãzinho, farão parte de todas as ações de divulgação do uniforme.

Também já estão definidos os preços. A camisa modelo jogador, semelhante à dos atletas, teve alta de 33% e custará R$ 399,99, ou seja, R$ 100,00 a mais em relação ao ano anterior. Enquanto isso, a modelo torcedor terá o valor de R$ 249,99, crescimento de 25% em comparação ao modelo 2019/202, que custava R$ 199,99.

Vale lembrar que, por conta do coronavírus e a paralisação dos torneios nacionais, seis dos nove patrocinadores do Corinthians suspenderam os pagamentos, além disso, outros três estão pagando 25% do valor combinado. A boa notícia é que, até o momento, não houve mudanças em relação ao contrato com a Nike. A fornecedora de material esportivo, que paga em quatro prestações por ano ao clube paulista, já repassou duas parcelas e a terceira está prevista para setembro.

O contrato entre as partes foi feito em dólar , assim, toda vez que a moeda bate nova marca histórica em relação ao real, o Corinthians passa a receber mais dinheiro. Vale destacar, porém, que o que importa é a cotação no momento do pagamento. Assim, a quantia certa vai depender de como estará a situação no dia do próximo repasse. Para 2020, a previsão orçamentária aprovada pelo Conselho do clube estipulou R$ 25,6 milhões em patrocínio da Nike, porém, o valor pode ser ainda maior por conta dessa variação. Somasse a quantia geral, premiações por conquistas e os royalties que são repassados pelas vendas e licenciamentos dos produtos com a marca do clube.

A Nike é a fornecedora do Corinthians desde 2003 e, recentemente, um novo contrato válido até 2029 foi assinado. No Brasil, além do alvinegro, a empresa também fornece os uniformes do Red Bull Bragantino.

    Veja Também

      Mostrar mais