Adidas atrasa pagamento de parcela ao Flamengo arrow-options
Adidas/Twitter/Divulgação
Adidas atrasa pagamento de parcela ao Flamengo

A dificuldade para o recebimento de receitas já era esperada pelo Flamengo em meio à pandeia do novo coronavírus. A mais nova baixa, depois da saída do Azeite Royal e do congelamento do acordo com a Amazon, é um freio nos pagamentos da Adidas .

Leia também: Pedrinho rebate declaração de Jorge Jesus: "Não me conhece bem"

A fornecedora de material esportivo do clube desde 2013 atrasou o repasse da primeira parte do valor anual, que vence em abril, no total de R$ 8.862.875,00, mas o Flamengo e a empresa conversam para que não haja problemas maiores. Uma das soluções seria pagar a primeira parcela próximo da data da segunda, em outubro.

Depois do atraso no pagamento informado pelo site Globoesporte.com, a reportagem buscou a posição da Adidas. A fornecedora explicou que está "em conversas com seus parceiros, nas últimas semanas, para encontrarem juntos a melhor maneira de enfrentar os impactos econômicos provocados pelo Covid-19".

Segundo a Adidas, tal medida, ou seja, a composição do pagamento, tem sido tomada "por diversas companhias dentro deste novo e imprevisível contexto econômico, para proteger a longevidade de parcerias e negócios".

O Flamengo tem contrato com a marca até 2023 e enfrenta problemas de distribuição de uniformes há alguns anos. Recentemente, as lojas deixaram de receber material do futebol.

A Adidas finaliza a explicação informando que "segue o diálogo constante e aberto" com os clubes, mas não informou se além do Flamengo , deixou de pagar os valores referentes aos contratos de outras equipes.

    Veja Também

      Mostrar mais