Tamanho do texto

Vitorio Medioli, prefeito da cidade de Betim, afirma que lei não o permite assumir posto; ele também declarou que continuará ajudando o clube

Neste domingo (05), o CEO do Cruzeiro, o empresário Vitorio Medioli, anunciou que não continuará na função que exerce no clube mineiro. Ele, que é prefeito da cidade de Betim, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, alegou que a lei não permite ele exercer o cargo. Aproveitando o momento, o correligionário ainda sugeriu uma intervenção judicial no clube para "executar o que for preciso". 

Leia também: Com a queda do Cruzeiro, torcida briga, quebra cadeiras e vai à loucura. Veja

Vitorio Medioli arrow-options
Reprodução Globo
Vitorio Medioli


Leia também: Punido pela Fifa, Cruzeiro pode perder seis pontos na Série B

O anúncio de Vitorio Medioli foi realizado em sua coluna dominicial no jornal O Tempo , do qual é proprietário. O empresário e prefeito disse que continuará ajudando o Cruzeiro , mas dentro das possibilidades que a lei permite.

    Leia tudo sobre: futebol