Tamanho do texto

Além de estender o vínculo do jogador, Rubro-Negro também deve equiparar o salário do atacante com o de outros medalhões da equipe

Bruno Henrique arrow-options
Libertadores / Twitter / Reprodução
Bruno Henrique

Eleito melhor jogador do Campeonato Brasileiro e da Libertadores, Bruno Henrique está entre os jogadores mais valorizados do futebol nacional. Ciente disso, o Flamengo já se movimenta nos bastidores e negocia a renovação de contrato com o atacante. Além de estender o vínculo do atleta para 2023 - o atual é até dezembro de 2021 -, a ideia da diretoria rubro-negra é equiparar o salário do camisa 27 com os demais medalhões do elenco.

Leia também: "El Mago" Valdivia acerta salário com Palmeiras e fica perto de voltar ao clube

Atualmente, Bruno Henrique recebe na carteira de trabalho R$ 270 mil, valor bem menor que outros titulares, como Arrascaeta e Everton Ribeiro, que são jogadores do sistema ofensivo. O camisa 7, inclusive, renovou há pouco tempo justamente pelo mesmo motivo: valorização salarial.

De acordo com as informações apuradas pelo Jornal O Dia, algumas reuniões já aconteceram entre representantes do jogador e o Flamengo , que trabalha sem pressa e enxerga que a renovação depende muito mais de Bruno Henrique do que da diretoria.

Em dezembro, os empresários de Bruno Henrique fizeram "tour" pela Europa e pela Ásia para "reconhecer terreno" e ouvir interessados. As propostas devem chegar para o camisa 27 do Flamengo independentemente da negociação por renovação. Caso seja satisfatórias e interessantes, Bruno Henrique vai pensar e conversar com o Flamengo, que precisaria aceitar a oferta. Em recentes entrevistas, o atacante disse que "assinaria contrato vitalício" com o time carioca.

Contratado em janeiro de 2019 junto ao Santos por "apenas" R$ 23 milhões, o atacante atuou em 62 jogos do Flamengo , marcou 35 gols - vice-artilheiro do time na temporada - e deu 15 assistências, sendo um dos responsáveis pela excelente temporada do clube. No Mundial de Clubes, foi o destaque rubro-negro e recebeu a bola de prata como segundo melhor jogador do torneio.