Lance

Lance

Edilson Capetinha
Reprodução
Edilson Capetinha foi machista ao comentar vídeo de Leila Pereira

Pentacampeão pela Seleção Brasileira, o ex-atacante Edílson Capetinha criticou Leila Pereira , presidente da Crefisa, empresa que patrocina o Palmeiras, com uma frase de tom machista. Durante a gravação do programa 'Donos da Bola', o ex-jogador e comentarista se irritou por um vídeo feito pelo Alviverde em que Leila aparece como protagonista cobrando um pênalti.

Leia também: Marcos provoca Gabigol com antiga postagem do atacante em rede social

- Isso é ridículo! Isso aí não pode acontecer nunca. Isso é ridículo! Será que não tem ninguém aí no Palmeiras para chegar e falar para essa mulher não fazer isso? Tem gente que tem dinheiro e não tem fama, e quer ser famoso de qualquer jeito. É o caso dela. Ela quer ser famosa de qualquer jeito. Não é possível! Vai lavar um prato, vai lavar roupa. Quer fazer alguma coisa diferente? Vai engraxar o sapato, qualquer coisa que ninguém veja. Mas ir bater pênalti? Vai viajar, vai gastar o dinheiro que tem - disse o Capetinha .

Ao perceber o tom machista na frase de Edilson , Neto, apresentador do programa, tentou minimizar a declaração do comentarista: 'Não é lavar roupa de preconceito. Não é nada disso', disse Neto. 

Leia também: Neto parabeniza Fla e ataca Globo e Fox Sports: "Mostrou que é flamenguista"

- Lavar a roupa dela, fazer algo diferente. Eu gosto da Leila, ela é guerreira, mas não pode fazer uma matéria dessa... De bater pênalti - respondeu Edilson.

Neto, mais uma vez, afirmou não ter sido uma frase em tom de preconceito e encerrou o assunto. 

Leia também: Organizada do Palmeiras joga 2 mil bananas em empresa de presidente do clube

- E não tem nada de preconceito aqui não, muito pelo contrário. O que ele quis dizer é para ela lavar a roupa dela de uma maneira geral, como eu lavo a minha. Quem não lava roupa? Todo mundo lada roupa. Ninguém falou nada de preconceito não. Vamos também parar com essas coisas de levar tudo a ferro. E outra coisa, a gente queria a Leila no Corinthians. A gente queria a Crefisa no Corinthians. Edílson não quis falar nada não, para aí dos caras já ficarem ligando, enchendo o saco' , finalizou Neto.

    Veja Também

      Mostrar mais