Tamanho do texto

Esposa de Valdecir Rosa Farias afirmou que o marido usava um marcapasso para regular as batidas do coração e era torcedor fanático do rubro-negro

Lance


O torcedor do Flamengo Valdecir Rosa Farias arrow-options
Reprodução
O torcedor do Flamengo Valdecir Rosa Farias morreu após o segundo gol que deu o título da Libertadores

O motorista de ônibus Valdecir Rosa Farias, de 41 anos, morreu após sofrer uma parada cardíaca no momento do segundo gol do Flamengo que garantiu o  título da Libertadores ao Flamengo diante do River Plate, na noite de sábado (23). O torcedor assistia o jogo em casa, em Cuiabá, Mato Grosso do Sul.

Segundo o G1 , a esposa do torcedor , Jucielly Farias, afirmou que o marido usava um marcapasso para regular as batidas do coração e era torcedor fanático do Rubro-Negro.

Leia também: Gabigol ignora Witzel ajoelhado após vitória histórica do Flamengo; assista

"A emoção foi tanta que o coração não aguentou. Ele era flamenguista roxo", afirmou a esposa.

Valdecir chegou a ser atendido pelo SAMU, que constatou a morte por parada cardíaca. Além da esposa, Valdecir deixa dois filhos. O enterro do fanático torcedor será neste domingo (24).