Tamanho do texto

O Rei do futebol também comparou a hegemonia de Cristiano Ronaldo e Messi nos dias de hoje com os craques de sua época

Lance

Pelé arrow-options
Getty Images
Pelé enfrenta problemas de saúde

Considerado o maior jogador da história do futebol, Pelé concedeu uma entrevista ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport' e falou sobre o protagonismo dos grandes jogadores da atualidade, fazendo ressalva sobre Neymar. O ex-jogador também disse que foi o melhor defensor que já enfrentou e, principalmente, sobre sua saúde. 

Leia também: Pelé, ao analisar Flamengo: "Nenhum time fará o que o Santos fez"

- Mesma que eu ainda sinta algumas dores, me sinto bem. Mas é como se Deus estivesse me pedindo a conta - apontou o Pelé , que passou, recentemente, por alguns problemas de saúde .

CR7, MESSI E NEYMAR

Pelé também analisou o protagonismo das grandes estrelas do futebol atual. Para o ex-jogador, em sua época cada país tinha um representante de alto nível, algo, que, não acontece atualmente. Pelé colocou Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar na lista dos melhores, mas fez uma ressalva em relação ao brasileiro.

- Antigamente era possível encontrar dois ou três jogadores em cada país com grande cultura futebolística. Tínhamos Simões, Eusébio, Cruijff, Beckenbauer, Maradona, Garrincha ou Dida. Quantos eram? Tantos que é difícil de dizer. Hoje em dia temos duas ou três figuras. Messi, Cristiano Ronaldo e talvez Neymar, que ainda não é uma grande figura no Brasil - disse, e completou apontando o melhor defensor que enfrentou:

Leia também: Estudo do MIT coloca Pelé como brasileiro mais conhecido no mundo; veja o Top 10

- (Giovanni) Trapattoni foi o melhor defensor contra quem eu joguei, implacável e correto. Não era como os ingleses e argentinos. Quantas porradas me deram... - finalizou Pelé .