Tamanho do texto

Jogadores da base do clube carioca morreram no começo do ano e a diretoria do clube negocia individualmente o acordo com as famílias

Cauã Reymond arrow-options
Divulgação/Globo
Torcedor do Flamengo, Cauã Reymond criticou postura do clunbe

Rio - Durante o programa "Encontro com Fátima Bernardes", o ator Cauã Reymond abordou o Flamengo. E não foi para falar sobre o momento da equipe e sim de um assunto mais sério: a indenização das famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu. O ator da Rede Globo cobrou a diretoria do Flamengo por um acordo.

Leia também: MP não denuncia presidente do Flamengo no caso do incêndio no Ninho do Urubu

"É triste ver que o Flamengo nesse momento tão bonito, eu que sou torcedor, ainda não ter chegado a um acordo com todas as famílias das vítimas da tragédia do Ninho do Urubu . O clube que tem recursos atualmente", afirmou o Cauã Reymond .

Em fevereiro de 2019, dez jogadores da base do Flamengo foram vítimas fatais de um incêndio no CT do Ninho do Urubu. A diretoria do clube carioca negocia individualmente o acordo com as famílias. Algumas já aceitaram a proposta do Rubro-negro e outras ainda não.