Tamanho do texto

Verdão sai atrás no placar, busca empate e tem gol da virada impugnado pelo árbitro de vídeo; tentos da partida foram marcados por Patrick e Willian

Lance

Palmeiras empata em 1 a 1 com o Internacional no Beira-Rio arrow-options
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Palmeiras empata em 1 a 1 com o Internacional no Beira-Rio

Mais uma vez, o VAR causou polêmica no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, Internacional e Palmeiras empataram por 1 a 1, no Beira Rio, pela 22ª rodada do torneio nacional. O Verdão poderia ter saído com a vitória, mas árbitro de vídeo marcou mão em lance que Bruno Henrique balançou a rede, porém foi anulado. Os colorados abriram o placar com o Patrick, e Willian, que saiu do banco de reservas marcou um golaço.

Leia também: Ex-Barcelona leva entrada criminosa em jogo no México e fica com buraco na perna

Com o resultado, o Internacional está na quinta colocação, com 37 pontos. O Palmeiras , por sua vez, perdeu a oportunidade de se aproximar do Flamengo e permanece na vice-liderança, com 46 somados. Os time voltam a campo pelo fim de semana. No sábado, o Inter enfrenta o Cruzeiro, às 21h, no Mineirão. No dia seguinte, domingo, o Verdão pega o Atlético-MG, às 16h, no Allianz Parque.

COMANDO COLORADO

O fator casa fez diferença para o Internacional. A equipe valorizou a posse de bola e marcação sob pressão. Deste modo, conseguiu criar chances de balançar a rede, com Patrick, de bicicleta, Nico López e Uendel, porém desperdiçaram. Enquanto isso, o Palmeiras teve dificuldades para se infiltrar nas linhas dos donos da casa. Além disso, houve muitos erros de passes na entrada da área.

É DO PANTERA!

Era questão de tempo: com disposição e agressividade, o Inter comemorou o gol. Pela linha de fundo, Nico López corta Felipe Melo na direita e cruza na área. Patrick sobe mais que Marcos Rocha e cabeceia para abrir o placar. O volante, que tem se destacado nos últimos jogos, fez o sinal da Pantera Negra em sua comemoração. Antes disso, Lindoso cabeceou na trave de Weverton. O time comandado por Mano Menezes não conseguiu assustar os colorados.

TRUNFO DE MANO

Na volta para a etapa final, o Palmeiras voltou de maneira diferente. Em menos de dois minutos, Gustavo Scarpa arriscou duas finalizações, que deram trabalho para Marcelo Lomba. Além disso, Mano Menezes proporcionou a entrada de Willian. O atacante deu outra cara ao ataque e igualou a partida. Marcos Rocha cruzou da direita, e Lindoso afastou para cima. Na sobra, Willian pegou de primeira e fez um golaço.

POLÊMICA COM VAR

Depois do gol de empate, o Palmeiras continuou a criar oportunidades, mas sem a mesma agressividade. Os paulistas achavam espaços graças saída de Nonato, e Wellington Silva no lugar do meio-campista. Os gaúchos tentavam reter a posse de bola, porém sem objetividade. Aos 40, após desentendimento da zaga colorada, Bruno Henrique empurra para o fundo da rede. Só que o lance foi analisado pelo VAR, que marcou mão de Willian. A partida acabou empatada e ficou ruim para os dois.