Tamanho do texto

Diretoria interina do clube desmentiu o ex-presidente e avisou que vai seguir na disputa da segunda divisão nacional normalmente

Figueirense deve seguir na Série B arrow-options
Figueirense / Divulgação
Figueirense deve seguir na Série B

Diante da notícia de que teria decidido abandonar a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro , o Figueirense, através da sua diretoria interina, se pronunciou por meio de uma nota oficial, informando que vai seguir na disputa da segunda divisão nacional.

Leia também: Jogadores do Figueirense divulgam nota e culpam diretoria por W.O.

A formalização do pedido de abando foi feita no último final de semana por Cláudio Honigman, presidente da Elephant, empresa que administrava o  Figueirense  desde 2017. O contrato, porém, foi quebrado na semana passada e o dirigente deixou de comandar o clube.

Caso deixe mesmo a Série B , o Figueira pode levar uma suspensão de dois anos e, após cumprir o gancho, o clube voltaria às atividades na Série D, a quarta divisão, conforme rege o regulamento das competições no futebol brasileiro.

Mas a tendência, agora, é que o time siga normalmente na segunda divisão. 

Confira o comunicado oficial:

O Figueirense Futebol Clube informa que não foi comunicado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre o pedido feito pelo ex-presidente, Claudio Honigman, de abandonar a disputa do Campeonato Brasileiro.

Nas próximas horas, a equipe jurídica do clube encaminhará à CBF toda a documentação necessária para desmentir a intenção de desistir da disputa.

O clube comunica ainda que nunca cogitou a desfiliação ou o abandono do Campeonato Brasileiro. O jurídico do clube analisa o caso.

Tranquilizamos a Nação Alvinegra e informamos que a partida desta noite, contra o Bragantino, no Estádio Orlando Scarpelli, está confirmada. Contamos com a presença e o apoio de nossa imensa e apaixonada torcida.

Figueirense  tem uma dívida total de R$ 120 milhões, segundo balanço do clube. Neste ano, por falta de pagamento de salários, os jogadores se recusaram a entrar em campo diante do Cuiabá, fora de casa,  e o time foi derrotado por W.O.