Tamanho do texto

Jornal espanhol indicou que o atleta do PSG desembolsa R$ 50 mil para cada um de seus amigos, os famosos "parças"

Neymar e seus arrow-options
Instagram
Neymar e seus "parças"

Nesta semana, a notícia veiculada pelo jornal espanhol Mundo Deportivo de que  Neymar paga um "salário" mensal de 11 mil euros (cerca de R$ 50 mil) para cada um de seus amigos, os famosos " parças ", movimentou as redes sociais. 

Leia também: Jornal revela quanto Neymar desembolsa aos "parças" mensalmente

Segundo a publicação, os "parças" que ganham essa quantia são Gil Cebola, Jo Amancio, Guilherme Pitta, Álvaro Costa, Cristian Guedes e Gustavo Almeida, sendo que eles "levam uma vida luxuosa ao lado de  Neymar  desde que ele se mudou para a Europa", de acordo com o diário catalão.

A manchete da reportagem é "A espetacular vida dos 'Tois'",

Mas o jogador paga mesmo para seus amigos? O iG Esporte conversou com  Álvaro Costa , um dos nomes que é citado no texto. E ele negou veementemente.

"Essa matéria é um absurdo. Além de ser mentira, eles estão muito mal informados no que falam. A gente, como qualquer outra pessoa, tem o sonho de vencer na vida e corremos atrás do trabalho", disse Álvaro.

Leia também: "Neymar se agiganta": atacante é chamado de gênio na imprensa europeia

Falamos também com o estafe de Neymar e uma pessoa bastante ligada ao atleta do PSG desmentiu o Mundo Deportivo . "Pelo amor de Deus! É cada uma. Nunca vi alguém pagar outra pessoas para ser amigo. Além disso, o Neymar Jr. não é uma empresa e não tem nenhuma empresa", disparou a fonte.