Tamanho do texto

Volante Junior Urso e o atacante argentino Boselli marcaram os gols da vitória por 2 a 0 do time paulista em Itaquera

Junior Urso marcou para o Corinthians diante do Goiás arrow-options
Ale Frata / Código19 / Agência O Globo
Junior Urso marcou para o Corinthians diante do Goiás

Corinthians e Goiás se enfrentaram nesta quarta-feira em jogo atrasado da 7ª rodada do Campeonato Brasileiro e os paulistas levaram a melhor jogando em casa, em Itaquera: vitória por 2 a 0.

Leia também: Corinthians explica desabamento de teto da sua arena; confira a nota

O triunfo diante de seus torcedores levou o Corinthians aos 23 pontos na tabela de classificação do Brasileirão, na quinta colocação. Já os goianos permanecem com 17, na 12ª posição.

No domingo que vem, a equipe alvinegra viaja até Porto Alegre para encarar o Internacional, no Beira-Rio, enquanto o Goiás recebe o Vasco no mesmo dia.

O primeiro gol corintiano saiu na etapa inicial após bela jogada ofensiva e conclusão precisa do volante Junior Urso, sem chances para o goleiro Tadeu. No fim do jogo, o argentino Boselli marcou de pênalti e decretou o marcador.

Bom início

O Corinthians começou a partida mostrando que queria mesmo vencer. Nos 15 primeiros minutos do jogo, o Timão chegou a ter mais de 80% de posse de bola e chegou com perigo na área do Goiás diversas vezes. Mas, contra um adversário fechado, abusou das bolas cruzadas na área. Numa delas, Boselli cabeceou por cima. Além da bola aérea, o time de Fábio Carille também chegou com chutes de fora da área. Calyson quase marcou, mas Tadeu espalmou para escanteio. 

Urso aparece 

Quando o Goiás começava a sair mais para o jogo, criando boas chances de gol, inclusive com Kayke mandando uma bola na trave aos 17 minutos, o Corinthians voltou a mostrar que mandava em casa e no jogo. Logo aos 22, Pedrinho quase marcou após ótima jogada de Mateus Vital. 

Dois minutos depois, enfim, saiu o gol do Timão. E após um belo lance com uma boa troca de passes entre Fagner, Gabriel e Clayson, que cruzou rasteiro para o meio da área e encontrou Júnior Urso sozinho. O volante chegou batendo e mandou no ângulo do gol adversário. O tento coroou a boa partida que os Urso e Gabriel já faziam desde o começo da partida, aparecendo bastante perto da área do Goiás. 

VAR em ação 

Como nas suas primeiras oportunidades de gol, o Goiás voltou a assustar o Corinthians pelo lado direito do seu ataque. Aos 28, Daniel Guedes fez uma boa jogada perto da área e tocou para Michael. O atacante do Esmeraldino deu um belo corte em Gil e chutou rasteiro, na saída de Cássio. Mas, após consulta ao VAR, o juiz Bruno Arleu de Araújo anulou o que seria o gol de empate do time goiano. 

Jogo equilibrado 

Se o primeiro tempo foi quase todo Corinthians, a etapa final teve mais equilíbrio. Logo aos cinco minutos, Clayson quase ampliou para o Timão, mas acabou finalizando na rede pelo lado de fora. Mas, com Michael em grande noite, o Goiás voltou a assustar. Após grande jogada do atacante, que passou por dois defensores aos 21, Kayke finalizou da entrada da área. Cássio fez uma boa defesa e a bola ainda pegou na trave. 

Boselli define o placar 

Aos 38 minutos, Júnior Urso fez mais uma boa jogada pela direita e apareceu na área adversária. Ao tentar driblar Rafael Vaz, a bola acabou batendo na mão do defensor e o juiz marcou o pênalti. Mesmo chamado pelo assistente de vídeo para rever o lance, o árbitro manteve a sua posição e a marcação da penalidade. O atacante Boselli pegou a bola para bater e finalizou com força, no meio do gol, para marcar o seu quarto gol com a camisa do Corinthians e definir a vitória do Timão. 

FICHA TÉCNICA 
CORINTHIANS 2 x 0 GOIÁS 

Local  : Arena Corinthians, em São Paulo (SP) 
Data  : 7 de agosto, às 19h15 
Árbitro  : Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes  : Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ) 
Árbitro de vídeo : Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ) 
Público/Renda  : 34.595 pagantes/R$ 1.307.624,00 
Cartão amarelo : Fagner (COR), Daniel Guedes e Léo Sena (GOI) 
Cartão vermelho : Yago Felipe (GOI) 

GOLS  : Júnior Urso, 24’/1ºT (1-0) e Boselli, 41’/2ºT (2-0) 

CORINTHIANS  : Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Carlos Augusto; Júnior Urso (Matheus Jesus, 43’,2ºT) e Gabriel; Pedrinho; Mateus Vital (Jadson, 17’/2ºT) e Clayson (Everaldo, 34’/2ºT); Boselli. Técnico : Fábio Carille. 

GOIÁS  : Tadeu; Daniel Guedes, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Geovane, Yago Felipe e Léo Sena; Michael (Júnior Brandão, 37’/2ºT), Kayke (Rafael Moura, 22’/2ºT) e Leandro Barcia (Renatinho, 15’/2ºT). Técnico : Robson Gomes.