Tamanho do texto

Volante citou o líder do Brasileiro ao ser questionado sobre o estilo de jogo do Verdão, que é mais vertical e fica menos com a bola

Lance

Felipe Melo arrow-options
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Felipe Melo defendeu o estilo de jogo do Palmeiras

O Palmeiras é o terceiro time da Série A que menos troca passes por jogo, na frente apenas de Goiás e CSA, mas o dado não é considerado uma crítica para Felipe Melo. Para o volante, o atual campeão brasileiro tem um estilo bem definido, e ainda que não agrade a todos, funciona. Ao fazer esta análise, o camisa 30 citou o Santos, líder e bastante elogiado, mas já eliminado da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana.

Leia também: Neto sobre palmeirenses: "Se eles se incomodam tanto, é porque sou f..."

"São várias formas de jogar futebol. Cada treinador tem uma forma. Jogamos contra o atual líder do Campeonato Brasileiro, que tem posse de bola (o Santos), e o jogo foi 4 a 0. E é um time que é bonito ver o Santos jogar, mas já saiu de três competições. Enquanto o Palmeiras ou Flamengo, equipes que estão em outra competições viajando para jogar, o Santos está descansando, com tempo para trabalhar", analisou Felipe Melo .

"Quando é um clube gigante como é o Santos , com uma comissão técnica importante, com grandes jogadores, se você tem tempo para trabalhar e analisar erros e adversários isso ajuda bastante. Cada um tem uma maneira de jogar, não vejo crítica. O Liverpool jogou contra o Barcelona, que toca muito a bola, o Liverpool passou e foi campeão da Champions League. Essa é a nossa forma de jogar, um time que muito verticaliza", acrescentou.

Em média, o Palmeiras troca 261 passes por jogo, enquanto o Santos toca 436 vezes por partida. A equipe de Jorge Sampaoli, ainda assim, é a sétima com mais passes trocados por partida - Fluminense, Grêmio, Cruzeiro, Flamengo, Botafogo e Internacional estão à frente na estatística.

Apesar da diferença nestes números, tanto Verdão quanto Peixe tem um estilo vertical, tanto que o Santos é o primeiro que mais finaliza (15,8), e o Palmeiras, mesmo trocando poucos passes, é o nono que mais cria chances (12,7).

Leia também: Ao golear Goiás, Santos iguala marca do time campeão brasileiro em 2004

Enquanto o Santos vem de cinco vitórias seguidas no Brasileiro, o Palmeiras fez apenas seis pontos em 15 possíveis no mesmo intervalo. Por isso, a equipe da Baixada Santista passou o Verdão e abriu quatro pontos de frente depois de 13 rodadas disputadas.

    Leia tudo sobre: Futebol