Tamanho do texto

Camila Diesel relatou nas redes sociais ter sido assediada por um torcedor durante o jogo entre Inter e Nacional pela Copa Libertadores

Lance

Repórter Camila Diesel arrow-options
reprodução / Twitter
Repórter Camila Diesel relatou caso de assédio em jogo do Inter

Mais um triste caso de assédio contra mulheres no meio do futebol aconteceu na noite de quarta-feira. A repórter Camila Diesel, da Rádio Guaíba, revelou em sua conta pessoal no Twitter que acabou sendo assediada durante a partida entre Internacional e Nacional (URU), válida pelas oitavas-de-finais da Copa Libertadores.

Leia também: Mãe e filho gremistas são agredidos por colorados no Beira-Rio; assista

A repórter , que costuma ficar encarregada pela cobertura das reações das torcidas, desabafou ao relatar que foi agarrada e beijada à força por um torcedor do Inter .

"Durante o meu trabalho no Beira-Rio , ontem, um torcedor agarrou e me beijou. Foi na bochecha, muito perto da boca e sem consentimento. Isso é assédio ! Na hora, minha reação foi nula. A gente nunca espera passar por isso enquanto trabalha. De fato, atitudes como essas precisam ser denunciadas. A relativização dos fatos muitas vezes nos calam, mas é necessário colocar luz sobre esses comportamentos que nos invadem e nos constrangem. Qualquer ação sem consentimento é invasão, é assédio".

Leia também: Dirigentes do Inter tentaram invadir gramado para cobrar juiz na CDB; assista

A jornalista se manifestou novamente na manhã desta quinta-feira, afirmando que recebeu um contato de João Patrício Hermann, vice-presidente do Internacional , como forma de solidariedade. Segundo Camila, João Patrício reiterou o apoio da instituição sobre o caso, repudiando a atitude do indivíduo e oferecendo acesso às imagens de câmera de segurança do Beira-Rio.

"Importante destacar que o Internacional entrou em contato comigo, na pessoa do vice-presidente João Patrício Hermann. Ele prestou solidariedade, repudiou a ação do torcedor e colocou a equipe à disposição no que for necessário, oferecendo acesso às imagens".

Leia também: Diretoria do Inter relata ameaça de morte em camarote do Allianz Parque

Na ocasião, o Internacional derrotou o Nacional (URU) por 2 a 0 e avançou para as quartas-de-finais da Copa Libertadores da América, com gols de Rodrigo Moledo e Paolo Guerrero. O clube já conhece o seu próximo adversário: o Flamengo, que derrotou o Emelec nos pênaltis depois de vencer por 2 a 0 no tempo regulamentar no Maracanã.