Tamanho do texto

Emissoras esportivas estão na mira do Cade após inquérito que foi instaurado em março deste ano de 2019

Lance

Televisão e controle remoto arrow-options
Pinterest/ 24 media Tumblr
TV Globo, Fox Sports, ESPN e Turner serão investigadas por infrações econômicas

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) abriu um inquérito para investigar as relações dos principais canais esportivos - TV Globo , ESPN, Fox e Turner - para avaliar se há infrações à ordem econômica nas relações desses produtores de conteúdo esportivo com as operadoras de TV fechada.

Leia também: Cristiano Ronaldo se diz preocupado com futuro de Neymar e manda recado

Segundo o jornalista Rodrigo Mattos informou em seu blog, o inquérito foi instaurado em março de 2019 como consequência de uma investigação sobre a negociação do contrato das emissoras com o Campeonato Brasileiro .

Essa apuração relacionada ao Brasileirão foi arquivada, pois o órgão decidiu que a Globo não tratou nenhum clube de forma diferenciada. 

Depois dessa investigação, foi perguntado às emissoras esportivas sobre questão relacionadas aos contratos delas com as operadoras de TV a cabo. Entre as perguntas feitas à Globo, estão se a empresa detém ações de operadoras de TV fechada e se tem influência sobre as decisões tomadas por estas.

Vale lembrar que são as operadoras que decidem qual será a remuneração de cada canal, com critérios como audiência e visibilidade. 

A Globo fez uma petição pedindo o arquivamento desta nova investigação do Cade. Ela desqualifica as acusações e diz que se tratam de práticas usuais ao modelo brasileiro de TV. 

"Por todo o exposto nas seções precedentes, não se identificam quaisquer razões fáticas, econômicas ou jurídicas a justificar o presente Inquérito em face do Grupo Globo, o qual se requer lhe seja arquivado de imediato", afirma a Globo no inquérito.

A investigação continua e pode ter novos capítulos nos próximos dias.

    Leia tudo sobre: Futebol