Tamanho do texto

Ex-jogadores, que atuaram ao lado de Pelé, não terão mais lugares reservados no estádio santista para acompanhar as partidas do Peixe

Lance

Ídolos do Santos: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe arrow-options
Reprodução
Ídolos do Santos: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe

Nesta quinta-feira, o Santos comunicou os eternos ídolos do clube Dorval e Mengálvio, que o duelo contra o Avaí, neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, seria o último de ambos com cortesia.

Leia mais: Sem vaga, jogadoras do futebol feminino do Santos dormem em saguão de hotel

Dorval foi rapidamente procurado por torcedores santistas para explicar o assunto. O ex-atacante afirmou que assiste aos jogos do Peixe no camarote térreo há 50 anos. A dupla seria deslocada para as cativas , com acesso ao Portão 17.

- Vejo o jogo do mesmo lugar há 50 anos. É um desrespeito. Nunca está cheio a Vila e agora querem tirar o lugar da gente que sempre assiste. Querem nos colocar em um lugar que vamos tomar chuva, depois de velho, 84 anos tomando chuva. Vou falar com o presidente. Isso não pode acontecer - disse Dorval.


Dorval e Mengálvio montaram um ataque histórico com Pelé, Pepe e Coutinho. Juntos, foram bicampeões da Libertadores e Mundial de Clubes, de 1962 e 1963, além de outros diversos títulos nacionais e estaduais.