Tamanho do texto

Torcedores do clube foram ao Brinco de Ouro protestar contra a má fase da equipe, que ocupa a 18ª colocação da Série B do Campeonato Brasileiro

Zagueiro Ferreira precisou ser contido por segurança do Guarani
Reprodução
Zagueiro Ferreira precisou ser contido por segurança do Guarani

Torcedores do Guarani foram até o estádio Brinco de Ouro da Princesa na terça-feira (16) para protestar contra os jogadores do clube, mas a situação saiu do controle quando o zagueiro Ferreira resolveu questionar as críticas de um torcedor.

O jogador do Guarani alegou que as cobranças por parte do torcedor eram injustas, e que ele "se mata pela camisa do clube". A discussão tomou um rumo mais agressivo, e Ferreira precisou ser contido pelos seguranças para não iniciar uma briga.

Leia também: Júlio Baptista relembra briga de Robinho e Gravesen no Real: "Iam se matar"

Antes de cobrar o elenco do clube, os torcedores bugrinos picharam a sala do presidente do clube, Palmeron Mendes Filho, com os dizeres: "vai morrer".

Na 18ª colocação da Série B, o Guarani vive má fase e não vence há seis jogos na competição. O único triunfo recente da equipe foi em amistoso contra o Palmeiras, durante a pausa da Copa América.

Assista o momento da confusão: