Tamanho do texto

Pedro Rocha marcou um gol e deu uma assistência só no primeiro tempo. Robinho e Thiago Neves também balançaram as redes para a Raposa

pedro rocha arrow-options
Telmo Ferreira / FramePhoto / Agência O Globo
Pedro Rocha marcou um gol e deu uma assistência na vitória do Cruzeiro contra o Atlético

Na noite desta quinta-feira (11) o Mineirão assistiu a um grande clássico entre Atlético Mineiro e Cruzeiro na primeira rodada das quartas de final da Copa do Brasil.

Leia também:  Clássico mineiro teve ações contra homofobia, machismo e racismo

Mandante do duelo, o Cruzeiro começou levando alguns sustos em sua defesa, mas conseguiu se reerguer quando aos 12 minutos Pedro Rocha marcou um belo gol na primeira finalização da Raposa. O camisa 32 estava inspirado e aos 26 minutos, depois de aproveitar uma saída errada do zagueiro Réver, roubou a bola e tocou para Thiago Neves marcar o segundo.

O ataque avalassador do Cruzeiro deixou o Atlético Mineiro abalado e somente nos minutos finais, contando com uma bobeada do goleiro Fábio, o Galo levou perigo.

O Galo retornou mais concentrado na segunda etapa. Porém, assim como no primeiro tempo quando era melhor, levou o terceiro aos nove minutos com Robinho que aproveitou rebote da zaga atleticana.

Com a vantagem no placar o Cruzeiro recuou e o Atlético - que teve pela primeira vez no banco o treinador Rodrigo Marques de Santana como efetivo - até que tentou, mas não conseguiu marcar nenhum gol.

A vitória ameniza a crise interna do Cruzeiro. Nesta quarta-feira (10) foi anunciado que o clube pode perder até seis pontos no Brasileirão por não honrar compromissos financeiros com o Metalist, da Ucrânia, quando contratou Willim Bigode. Além de ser  alvo da Polícia Civil de Minas por lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, uso de empresas de fachada e quebra de leis e regras em negociações.

Leia também:  Caso Neymar: Polícia prorroga prazo de investigação de tablet sumido de Najila

A partida de volta entre Atlético Mineiro e Cruzeiro será na próxima quarta-feira (17), as 19h15, no estádio Independência.