Tamanho do texto

Recurso em que vítima e investigado são colocadas frente a frente costuma ser evitado em acusações de estupro

Najila Trindade%2C a modelo que acusa Neymar de estupro em Paris
Reprodução / Renato S Cerqueira/ Futura
Najila Trindade, a modelo que acusa Neymar de estupro em Paris

A Polícia Civil de São Paulo não aceitou o  pedido do advogado da modelo Najila Trindade , Cosme Araújo, de fazer uma acareação entre ela e Neymar. Acareação é um mecanismo jurídico onde duas ou mais pessoas são colocadas frente a frente para esclarecerem divergências em suas declarações.

Leia mais sobre o caso:

Os policiais não acreditam que há benefício no recurso para a investigação da acusação de estupro, como no caso de Neymar com a modelo. A solicitação, feita por Cosme na semana passada, precisa ser acatada pela Polícia Civil.

A delegada que preside a investigação, Juliana Bussacos, não descarta usar o instrumento de acareação no futuro. No entanto, é necessário um fato novo que justifique o seu uso.

O recurso em que vítima e investigado são colocadas frente a frente costuma ser evitado ao máximo em acusações de estupro. Com isso, Neymar e Najila, a princípio, não ficarão frente a frente.

Neymar, atacante do PSG
MUNDO DEPORTIVO/REPRODUÇÃO
Neymar, atacante do PSG