Tamanho do texto

Em mais uma bela atuação contra o time mineiro, o Fluminense não teve dificuldades para colocar a bola na rede adversária e goleou o time de Mano

jogador do fluminense comemora gol contra o cruzeiro
Reprodução / O Globo
O Fluminense bateu o Cruzeiro pela 5ª rodada do Brasileirão

O torcedor sabe bem: embora tenha volume de jogo, o Fluminense custa a balançar as redes. Neste sábado, contra o mesmo adversário que expôs a fragilidade tricolor no meio da semana, porém, esse obstáculo foi superado. Mais preciso, o time de Fernando Diniz fez 4 a 1 no Cruzeiro e venceu a segunda no Brasileiro.

Não há, no futebol, varinha que magicamente resolva os problemas dos times. Por isso, a evolução do Fluminense acontece a passos lentos. No Maracanã , houve mais coordenação no campo de ataque. Por outro lado, a vulnerabilidade defensiva que custou caro em outras ocasiões voltou a aparecer.

Antes de começar a construir sua vitória, o tricolor passara apertos. Ciente da dificuldade de Gilberto no momento defensivo, o Cruzeiro tentou emplacar seu contra-ataques por ali. Não marcou porque Pedro Rocha tentou resolver sozinho em vez de passar para Fred, sozinho, aos 40 minutos.

Leia também: Lateral do Fluminense acusa torcedores do Grêmio de racismo contra Yony González

Para a felicidade de Diniz , seu time começou a aproveitar as oportunidades oferecidas por um adversário relapso. Aos 43, Nino abriu o placar em conclusão de cabeça após escanteio. Já no segundo tempo, no primeiro minuto, foi Luciano quem capitalizou uma confusão na área mineira.

Depois de um esporro do técnico Mano Menezes , o Cruzeiro acordou para o jogo. E chegou a descontar, aos 3, num rebote de Robinho. Mas a estrela de João Pedro brilhou duas vezes para tranquilizar o  Fluminense : 4 a 1.

    Leia tudo sobre: Futebol