Tamanho do texto

Atlético-MG vence o Flamengo por 2 a 1, neste sábado, no Independência

Lance


Cazares
Divulgação
O jogador Cazares, do Atlético-MG, fez um dos gols no Flamengo nesta noite de sábado (18)

Em uma noite de golaços, o Atlético-MG venceu o Flamengo, por 2 a 1, neste sábado, no Independência, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Cazares e Chará fizeram os gols do Galo e Bruno Henrique, o do Rubro-Negro. Com um a menos durante toda a segunda etapa, o time mineiro abriu vantagem logo após a volta do intervalo e resistiu à pressão dos comandados de Abel Braga.

Leia também: Palmeiras domina, goleia o Santos e se isola na liderança do Brasileiro

Com o resultado, os cariocas estacionaram na sétima colocação, com sete pontos, enquanto o Atlético-MG assumiu a vice-liderança, com doze pontos, um a menos que o líder Palmeiras. 

Fla vai para cima

Depois do empate sem gols com o Santos pela Copa do Brasil, o Atlético entrou em campo determinado a melhorar o desempenho diante de sua torcida. Quem tomou a iniciativa nos primeiros minutos de jogo, no entanto, foi o Flamengo . O quarteto da frente rodava a bola de forma envolvente. Bruno Henrique e Gabigol obrigaram Victor a fazer grandes defesas antes dos 20 minutos.

Galo acorda

Depois do sufoco, o Galo conseguiu equilibrar a partida e prender mais a bola no ataque. Ricardo Oliveira, de primeira, quase abre o placar após cruzamento da direita. Minutos mais tarde, em uma lambança da zaga do Flamengo, Rodrigo Caio errou na saída de bola e chutou em cima de Oliveira. A bola sobrou para o equatoriano Cazares , que, com muita frieza, invadiu a área, driblou dois marcadores e marcou um golaço no Horto.

Resposta imediata

A alegria dos atleticanos durou pouco. No lance seguinte, o Rubro-Negro deu a saída, rodou a bola e Arão achou Bruno Henrique na esquerda. O atacante cortou Guga e acertou um belo chute de canhota para empatar o jogo. No fim da primeira etapa o Galo ainda sofreu uma baixa com a expulsão de Elias, por um carrinho violento em Renê.

Leia também: Fluminense não toma conhecimento do Cruzeiro e goleia por 4 a 1

Noite dos gringos

Mesmo com um a menos, o time mineiro não se intimidou. No primeiro minuto da etapa final, mais um golaço foi marcado por um estrangeiro. Léo Duarte cortou mal de cabeça e o colombiano Chará deixou o Galo na frente outra vez, com um chute de primeira quase sem ângulo. Na comemoração, a famosa dancinha do atacante. 

Pressão no fim

Abel colocou em campo os atacantes Vitinho, Linclon e Berrío e o Rubro-Negro fez uma forte pressão sobre os rivais. O Atlético, totalmente recuado, entretanto, resistiu bravamente até o fim. Destacaram-se Victor, com grande defesa em chute de Renê, e Luan, que conseguiu três importantes desarmes. Nos acréscimos, tensão com a análise de possível pênalti para o Fla pelo VAR, mas os árbitros não enxergaram infração e a partida foi encerrada. 

Leia também: Arena Corinthians faz cinco anos; veja retrospecto do Timão no estádio

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 x 1 FLAMENGO


Data/Hora: 18/05/2019, às 19h (de Brasília)
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Gramado: Bom
Público/Renda: 13.616/R$ 501.165,00
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR) Nota L! - 6,5 - controlou bem a partida e acertou na expulsão de Elias
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e (SP-FIFA) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Luan, Victor, Leonardo Silva (ATL); Hugo Moura (FLA)
Cartão vermelho: Elias, 49’/1ºT (ATL)

Gols: Cazares (28’/1º T, 1-0), Bruno Henrique (30’/1º T, 1-1), Chará (1’/2ºT, 2-1)

Flamengo : Diego Alves; Pará, Léo Duarte (Vitinho, 14’/2ºT), Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Arrascaeta (Lincoln, 17’/2ºT); Everton Ribeiro, Gabigol (Berrío, 31’/2ºT) e Bruno Henrique. Técnico: Abel Braga

Atlético-MG : Victor; Guga, Réver (Leonardo Silva, 47’/1ºT), Igor Rabello e Patric; José Welison, Elias e Cazares (Vinicius, 23’/2ºT); Luan, Chará, e Ricardo Oliveira (Adilson, intervalo). Técnico: Rodrigo Santana.