Tamanho do texto

Ex-jogador lutava contra alcoolismo e dependência química e estava morando nas ruas de São Paulo; ele jogou pelo Cruzmaltino em 2006

Valdiram treinando pelo Vasco em 2006
Divulgação/wscom
Valdiram, que brilhou pelo Vasco em 2006, foi encontrado morto nas ruas de São Paulo

O ex-jogador do Vasco Valdiram, de 36 anos, foi encontrado morto, nesta sexta-feira, em São Paulo. O corpo do ex-atacante foi localizado com sinais de espancamento na região de Santana, na Zona Norte da capital paulista.

Leia também: Cruzeiro empata com Atlético-MG e é bicampeão mineiro de forma invicta

Valdiram foi vice-campeão e artilheiro da Copa do Brasil de 2006 pelo Vasco. O ex-atacante lutava contr o alcoolismo e dependência química. Ele estava morando nas ruas e apareceu pedindo dinheiro em um vídeo que circulou na Internet no fim do ano passado (assista abaixo).

Na época, Edmundo, que foi citado por Valdiram no vídeo, lamentou a situação, mas disse que não tinha muito o que fazer: "Os clubes preparam os atletas e esquecem o homem. Esse vídeo do Valdiram é mais uma certeza disso que estou dizendo. Os clubes só pensam em produzir o atleta, em vender. Os dirigentes não têm responsabilidade social. O Valdiram não é o único, não. Mais de 80% dos ex-jogadores passam por dificuldade porque não foram preparados para seguir depois do futebol", opiniou o ídolo.

Antes de ir para São Paulo, o ex-jogador chegou a ser encontrado em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, vivendo sob uma marquise. Na época, recebeu apoio do Vasco e do Olaria. Mas acabou indo para São Paulo alegando que iria procurar uma irmã.

Leia também: Juventus confirma título italiano e Cristiano Ronaldo garante permanência

Revelado nas categorias de base do CRB, Valdiram chegou ao Vasco em 2006, após se destacar no Campeonato Gaúcho jogando pelo esportivo. Foi destaque na campanha do Cruzmaltino na Copa do Brasil daquele ano e acabou sendo o artilheiro da competição, com sete gols. No entanto, após constantes casos de indisciplina, acabou dispensado no início de 2007. O atacante jamais repetiu o sucesso que obteve no Vasco e acabou perambulando pelo futebol brasileiro.

    Leia tudo sobre: Futebol