Tamanho do texto

Longa contará com jogadas marcantes de nomes como Pelé e Neymar, além de depoimentos de outros jogadores; estreia está marcada para 18 de abril

O Santos Futebol Clube é o time que mais balançou as redes adversárias em toda a história do futebol mundial. Até esta sexta-feira, segundo o site oficial do clube, são 12.542 gols contabilizados, o que pode aumentar, já que a equipe irá enfrentar o Novorizontino, pelo Paulistão, esta noite.

Leia também: Há 15 anos São Caetano e Paulista fizeram uma final surpreendente

Jogadores do Santos comemoram um dos mais de 12.500 gols marcados na história do clube
Ivan Storti/Santos FC
Jogadores do Santos comemoram um dos mais de 12.500 gols marcados na história do clube

E os mais de 12.500 gols serão protagonistas no novo documentário sobre o clube alvinegro, chamado “ Santos de Todos os Gols”, da diretora Lina Chamie (Tônica Dominante (2001), A Via Láctea (2007) e Santos, 100 anos de futebol arte (2012)).

O longa alterna imagens das mais diversas épocas do clube e mostra jogadas marcantes de nomes importantes do esporte, como Pelé, Pepe, Coutinho, Robinho e Neymar . Torcedores como Zeca Baleiro e José Miguel Wisnick, Mônica Waldvogel, entre outros, também relembram a sensação de ver o placar favorável ao Alvinegro Praiano.

Leia também: Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez recebe alta do hospital após dez dias

Além disso, jogadores de diferentes gerações de craques alvinegros, como Carlos Alberto Torres, Edú, Serginho Chulapa, Giovanni, Ricardo Oliveira, contam suas experiências em campo e o que mais os marcou enquanto usavam a camisa do clube tricampeão da América.

Falam inclusive dos gols não feitos, perdidos de formas inacreditáveis, que poderiam mudar o resultado de uma partida e de um campeonato.

Assista ao trailer abaixo

Finais felizes, como o milésimo gol de Pelé , e não tão felizes, como a final perdida da Copa do Brasil de 2015 também estão registrados no longa. “Santos de Todos os Gols” é um filme que investiga a emoção e os significados do gol, e por isso aposta numa narrativa mais sensorial. Uma vez que as palavras não dão conta de descrever uma emoção, é preciso senti-la.

“Eu rezava para que Deus cuidasse de todos nós, que ninguém se machucasse, mas que não deixasse o jogo terminar 0x0, se tiver que empatar, que fosse 4x4, 5x5, então vamos dar alegria para o povo, para quem veio de longe e pagou pra ver a gente”, diz o 'Rei do Futebol' em certo momento.

Leia também: Barcelona e Manchester United se enfrentam nas quartas da Champions; veja jogos

Santos de Todos os Gols” tem estreia marcada para 18 de abril em 20 salas de 19 cidades do país, o filme é parte do Projeta às 7, parceria da distribuidora com a Cinemark, que abre uma nova janela para o cinema nacional.

    Leia tudo sobre: futebol