Tamanho do texto

Ontem o TJ-SP tinha autorizado a penhora da taça de 2012 por dívida do clube com o Instituto Santanense. Suspensão vai até julgamento do caso

Goleiro Cassio com a taça do Mundial de Clubes de 2012
CORINTHIANS / DIVULGAÇÃO
Goleiro Cassio com a taça do Mundial de Clubes de 2012

Ontem, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou a penhora da taça do Mundial de Clubes do Corinthians , conquistada em 2012 por conta de uma dívida antiga com o Instituto Santanense, que cobra R$ 2,48 milhões do clube paulista.

Na tarde desta sexta-feira (09), o mesmo Tribunal suspendeu a penhora da taça do Mundial de Clubes de 2012. O Corinthians entrou com uma liminar ainda na quinta e justificou que o troféu tem um valor sentimental.

“Não há dinheiro que compre a taça do Mundial de Clubes Fifa de 2012”, escreveram os advogados do clube alvinegro no pedido. Na tarde de ontem, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, deu entrevista coletiva no Parque São Jorge e comentou que resolveria a situação em até 48 horas.

A decisão de suspender a penhora veio do desembargador Paulo Pastore Filho e estará valida até que o recurso seja julgado pela 17ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo. O Instituto Santanense terá 15 dias para apresentar contestação.

Leia também:  Caso Daniel - Advogado de Edison Brittes nega sexo a três em festa

Além de anunciar o valor sentimental do troféu e dizer que a taça “pertence à nação corintiana”, os advogados do clube da zona leste de São Paulo argumentam que um dos advogados do grupo Santanaense é torcedor do rival Palmeiras e estaria pedindo a penhora do objeto por má fé e teria conflito de interesses.

Sua taça do Mundial de Clubes está segura?

O episódio da penhora da taça do Mundial de Clubes do Corinthians gerou muitos memes por parte de torcedores rivais e até o perfil do Santos entrou na brincadeira. O perfil @SantosFC publicou uma imagem de seus troféus incentivando os torcedores a irem visitar o Memorial com uma cutucada no rival paulista.

Em resposta, o perfil do Corinthians respondeu em publicação sobre os ingressos para o clássico deste sábado, às 17h contra o São Paulo, que a Arena de Itaquera receberá seus torcedores com segurança.

A provocação do time da capital tem relação com a interdição da Vila Belmiro. O estádio do Santos está em reformas e está com um laudo do Corpo de Bombeiros vencido. A direção do clube da Baixada disse que até terça-feira (13) estará com toda a documentação em dia.

Leia também:  PSG admite racismo na seleção de jogadores para categorias de base do clube

O que você acha do caso de penhora da taça do Mundial de Clubes de 2012?

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.