Tamanho do texto

No Morumbi, em jogo agitado, o tricolor ficou na frente do placar duas vezes, mas cedeu o empate no fim; no Engenhão, Botafogo venceu com gol solitário

Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro , quatro jogos agitaram a tarde deste domingo. No Morumbi, o São Paulo e Flamengo empataram em 2 a 2, já no Engenhão, o Botafogo superou o Corinthians pelo placar mínimo. Em Belo Horizonte, o Cruzeiro derrotou o rival América-MG por 2 a 1 e em Curitiba, o Paraná voltou a pontuar ao empatar com o Vitória por 1 a 1.

Leia também: Confira a tabela, classificação e estatísticas do Campeonato Brasileiro

São Paulo e Flamengo empatam no Morumbi e veem Palmeiras abrir mais na ponta
Rubens Chiri / saopaulofc.net
São Paulo e Flamengo empatam no Morumbi e veem Palmeiras abrir mais na ponta

São Paulo e Flamengo empataram com gols de Diego Souza, no início do primeiro tempo, Uribe, logo na sequência, Helinho no começo da etapa complementar e Rodinei, já próximo do fim. Desta forma, o tricolor permanece em quarto lugar, com 57 pontos, e o rubro-negro chega aos 60, em segundo lugar, mas a seis do líder Palmeiras (veja mais sobre o jogo abaixo).

Já o gol da vitória do Botafogo , que faz a equipe carioca se afastar um pouco da zona de rebaixamento, agora com 38 pontos, foi marcado por Ralf, contra, apesar do árbitro ter considerado que Rodrigo Lindoso que fez. O Corinthians permanece com 39 pontos somados (veja mais sobre o jogo abaixo).

No estádio Independência, Arrascaeta e Thiago Neves marcaram os gols da vitória do Cruzeiro (8º) sobre o América-MG (17º), que descontou com Rafael Moura. Já na Vila Capanema, Alex Santana fez para os tricolores paranaenses (20º) e Martin Luiz empatou já no fim para os baianos (16º).

No Morumbi

São Paulo e Flamengo fizeram jogo agitado no Morumbi
Staff Images / Flamengo
São Paulo e Flamengo fizeram jogo agitado no Morumbi

A partida no Morumbi começou agitada e logo aos três minutos o Flamengo chegou bem com Éverton Ribeiro e depois com Paquetá. A resposta são-paulina veio aos sete minutos, quando Carneiro cruzou da direita, a bola bateu em Liziero e sobrou limpa para Diego Souza, que chegou fuzilando para abrir o placar.

Os donos da casa não esperavam, no entanto, que após a saída de bola flamenguista, Renê cruzaria da esquerda e o colombiano Uribe apareceria para cabecear e deixar tudo igual. Os cariocas ensaiaram uma blitz após o empate e chegaram duas vezes com perigo.

O Flamengo teve outra ótima chance aos 38 minutos. A bola foi cruzada por Vitinho, Éverton Ribeiro cabeceou para o meio da área, Renê bateu e Sidão fez milagre, no rebote, Uribe finalizou sozinho da pequena área, mas mandou por cima com o gol aberto.

No intervalo, o técnico do São Paulo Diego Aguirre tirou Anderson Martins e colocou o jovem Helinho. Aos cinco minutos, o menino de 18 anos recebeu de Luan, cortou para o meio e soltou a bomba de perna esquerda, sem chances para o goleiro César, para colocar os paulistas à frente do placar novamente.

Aos 14, Helinho tocou para Luan, que passou fácil por Réver e finalizou forte de direita, mas desta vez o goleiro do Flamengo evitou o gol em boa defesa. Aos 27, o Flamengo chegou pela esquerda com Vitinho, que cruzou em direção a Uribe, mas antes do desvio do colombiano, Bruno Alves afastou.

Uribe teve nova chance aos 28 minutos, quando arriscou de bicicleta e assustou o gol de Sidão. Um minuto depois, o São Paulo tentou em cruzamento, mas antes de Diego Souza, a zaga rubro-negra cortou. Aos 32, outra chance do Flamengo. Geuvânio tocou para Paquetá, que dominou com a canhoa e bateu rápido de direita, para ótima defesa de Sidão.

Aos 36, porém, cinco minutos após entrar, Rodinei aproveitou cruzamento de Vitinho, que fez ótima jogada pelo lado esquerdo, e fuzilou para o fundo do gol e deixou tudo igual outra vez no Morumbi. Aos 45 e aos 48, o Flamengo perdeu a duas ótimas chances para virar. A primeira com Vitinho, que isolou da pequena área e a segunda em cabeçada de Uribe, que foi no peito de Sidão. Aos 49, duelo encerrado no Morumbi.

Leia também: Bahia homenageia mês da Consciência Negra em camisas contra Chapecoense

No Engenhão

Jogadores do Botafogo comemoram vitória sobre o Corinthians, que deixa o time carioca um pouco mais longe da zona de rebaixamento
Divulgação/Botafogo
Jogadores do Botafogo comemoram vitória sobre o Corinthians, que deixa o time carioca um pouco mais longe da zona de rebaixamento

O Botafogo foi quem tentou pela primeira vez aos seis minutos, com o lateral esquerdo Gilson, que avançou e finalizou de fora da área, mas mandou para fora. Aos 11, Erik invadiu a área e finalizou para boa defesa de Cássio. Na volta, Lindoso chegou chutando, mas o goleiro corintiano defendeu outra vez.

A equipe paulista chegou bem pela primeira vez aos 24 minutos, quando Danilo recebeu pela direita, passou de calcanhar para Fagner, que foi até a linha de fundo e cruzou, mas antes de Romero finalizar Gatito interceptou. Aos 26, Erik fez boa jogada individual e bateu cruzado. No meio do caminho, Henrique desviou e mandou para escanteio.

Na cobrança no primeiro pau, Rodrigo Lindoso desviou, Ralf tentou tirar, mas mandou contra o próprio gol. Cássio ainda tocou na bola, mas ela morreu nas redes. O Botafogo ainda chegou duas vezes, mas sem assustar a meta corintiana, que, por sua vez, não agrediu.

Na etapa final, a melhor chance aconteceu somente aos 27 minutos. O Botafogo puxou contra-ataque com Brenner, que teve uma avenida para percorrer para a esquerda e dois companheiros entrando na área, mas na hora de cruzar, o camisa 9 bateu muito forte e desperdiçou a oportunidade de fazer o segundo.

Aos 35, os cariocas chegaram em ótima cabeçada de Carli, mas Cássio fez boa defesa. Um minuto depois, pela direita, Pimpão cruzou e Rodrigo Lindoso desviou. A bola bateu na trave direita do arqueiro corintiano, que já estava batido, e saiu.

Após perder várias chances, o Botafogo ainda quase fez o segundo aos 47, em cobrança de falta de Valencia que Cássio defendeu. Já aos 49, no entanto, uma defesa milagrosa de Gatito foi como o segundo gol. Clayson avançou pela esquerda, cruzou e Léo Santos desviou, mas o goleiro desviou com a perna e evitou o empate. No minuto seguinte o árbitro encerrou o confronto de alvinegros.

Leia também: Keno amplia fase artilheira no Pyramids e ajuda em mais uma vitória no Egípcio

São Paulo e Flamengo empataram nesta rodada e na próxima irão enfrentar Corinthians e Botafogo, respectivamente. O Cruzeiro jogará contra o Atlético-PR fora de casa, enquanto o América-MG enfrenta o Paraná em casa, já o Vitória fará o clássico diante do Bahia no Barradão.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.