Tamanho do texto

O volante alegou ter sofrido ofensas racistas enquanto entrava em campo para aquecer antes da partida. Câmeras da TV seu flagraram gesto obsceno

O gesto obsceno de Felipe Melo antes da partida
Reprodução / Fox Sports
O gesto obsceno de Felipe Melo antes da partida

Felipe Melo mais uma vez foi protagonista de uma polêmica nesta quinta-feira (09), antes da partida de ida das oitavas de final da Libertadores entre Palmeiras e Cerro Porteño no Paraguai.

Leia também: Atleta negra vítima de racismo chega à final de campeonato na Alemanha

Ao entrar no gramado, Felipe Melo foi flagrado pelas câmeras da Fox Sports fazendo um gesto obsceno para os torcedores do time paraguaio.

Em entrevista ao canal Fox Sports da Argentina após o jogo, o volante justificou seu ato alegando ter sofrido injúrias raciais por parte de um torcedor: "Reagi contra um torcedor que me chamou de macaco".

Leia também: Rossi, do Inter, compara rebaixamento com tragédia da Chape e depois se desculpa

Ainda assim, a atitude do jogador, sempre envolvido em polêmicas, causou revolta até em alguns torcedores do Palmeiras, que o criticaram nas redes sociais.


Felipe Melo sofreu com racismo em 2017

O fato é lamentável, mas não inédito contra Felipe Melo. O volante do Palmeiras também foi vítima de racismo durante a Taça Libertadores de 2017.

Na primeira partida contra o Peñarol, na fase de grupos do torneio, o palmeirense acusou o uruguaio Gastón Rodríguez de chamá-lo de macaco durante a o jogo no Allianz Parque.

Felipe Melo foi alvo de racismo na Libertadores de 2017
Reprodução / Palmeiras
Felipe Melo foi alvo de racismo na Libertadores de 2017

“O cara que entrou e fez o gol deles estava me chamando de macaco durante muito tempo. Macaco pra lá, macaco pra cá. Sou preto mesmo. Ele deve ter algum problema. A mulher dele já deve ter traído ele com algum negão. Não sei o nome dele. Mas é um moreno escuro. Na época da escravidão, teria tomado chibatada igual a mim”, disse o volante em entrevista ao Sportv.

Leia também: Na Coreia, atacante brasileiro revela preconceito após 7 a 1

Após a acusação, Felipe Melo afirmou ter conversado com o Gastón Rodríguez. Ele disse que o uruguaio pediu desculpas e que os dois se resolveram.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.