Tamanho do texto

''Mas a Copa do Qatar já começou'', diz Confederação em publicação motivacional para seleção brasileira

Neymar tentou, mas não conseguiu decidir a favor do Brasil no jogo contra a Bélgica
Divulgação/Fifa.com
Neymar tentou, mas não conseguiu decidir a favor do Brasil no jogo contra a Bélgica

Nesta última quinta-feira (02), a CBF declarou total apoio aos dirigentes, comissão técnica e jogadores após desempenho na Copa da Rússia. Em texto, a Confederação também citou Neymar como um exemplo para os demais colegas no elenco.

Leia também: Veja os próximos adversários do Brasil após a eliminação na Copa do Mundo

O Brasil, que entrou na Copa do Mundo de 2018 como um dos favoritos ao título, foi eliminado nas quartas de final após perder por 2 a 1 para a Bélgica. O principal jogador da equipe, Neymar, recebeu inúmeras críticas da mídia e de torcedores por seu desempenho e foi lembrado pela CBF .

Por meio de um texto no site oficial, a Confederação cita a atuação de Neymar como "corajosa e destacada". Lembrou da cirurgia que o camisa 10 precisou se submeter meses antes da estreia no Mundial  e também falou das estatísticas do craque em campo: 26 faltas, média de 5,2 por jogo. - o fato foi uma das maiores críticas sob o jogador que, para muitos, ficou com uma imagem de cai cai.

Veja na íntegra o texto postado pela CBF: "Da Rússia ao Qatar"

Brasil x México Neymar
FIFA/ Divulgação
Brasil x México Neymar


"O futebol brasileiro sonha alto, sempre. Nossos sonhos são do tamanho da nossa história e da nossa torcida. Entramos em todas as disputas para ganhar, mesmo sabendo que não é possível vencer sempre. E quando não vencemos, saímos da disputa com ainda mais fome de novas conquistas. Esse é o DNA que nos levou a ser o futebol mais vitorioso do mundo.

Todas as competições deixam um saldo de aprendizagem. No caso da Copa da Rússia, esse saldo foi positivo. A Seleção brasileira contou com condições inéditas de preparação. A Comissão Técnica conquistou a confiança do país, com um trabalho sério e competente. E nossos jogadores disputaram a Copa com a dedicação, esforço e futebol que se espera de quem veste a camisa canarinho.

Leia também: Ida de Neymar ao PSG completa um ano e craque ainda rende muito ao clube

A CBF reitera seu apoio e confiança a todos os profissionais que participaram desse trabalho.

Tivemos uma Copa difícil. Também sofremos com as lesões. Mas os atletas fizeram de tudo para superar essas dificuldades. Um exemplo é Neymar, que após se recuperar em tempo recorde de uma delicada cirurgia foi o atleta mais caçado da competição até as quartas de final. Foram 26 faltas, uma média de 5,2 por jogo. A maior da Copa. Nem por isso, esmoreceu. Teve uma corajosa e destacada participação no Mundial.

A Copa da Rússia terminou para a seleção brasileira antes do que todos nós gostaríamos — Comissão Técnica, jogadores e torcedores. Mas a Copa do Qatar já começou. E sobre uma ótima base. A Comissão Técnica permanece para o ciclo de preparação da próxima Copa. Os jogadores estão mais experientes e motivados. Com união e o apoio da torcida, vamos em busca do tão sonhado hexa.

Confederação Brasileira de Futebol"

Leia também: Neymar volta ao PSG após férias e já treina com o grupo na China

E você, o que achou do texto postado pela CBF ? Comente!

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas