Tamanho do texto

Clube paulista é avaliado em R$ 1,73 bilhão e é seguido pelo rival Palmeiras; Brasil é o país com mais representantes (15) seguido pelos EUA (12)

O Corinthians ficou na primeira posição em ranking divulgado esta semana pela revista especializada Forbes México dos 50 clubes mais valiosos da América em 2018. Este é o quinto
ano consecutivo que o clube paulista lidera a lista.

Leia também: Manchester United se torna 2ª equipe mais valiosa do mundo em ranking de revista

Atual campeão brasileiro, o Corinthians lidera o ranking de clubes mais valiosos da América pelo quinto ano consecutivo
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Atual campeão brasileiro, o Corinthians lidera o ranking de clubes mais valiosos da América pelo quinto ano consecutivo

O levantamento mostra que todas as 50 agremiações juntas são avaliadas em 7,32 bilhões de dólares (o equivalente a R$ 27,45 bilhões), 21% a mais que o ano passado. O
Corinthians , sozinho, vale 462,2 milhões de dólares (R$ 1,73 bilhão).

A equipe paulista tem como sua principal fonte de receita os direitos de televisão, seguidos pela empresa responsável pelo material esportivo e outros patricinadores que ficam
na camisa.

Leia também: Romero não sabia jogar futebol, mas aprendeu no Corinthians

Os clubes brasileiros, ao lado dos estadunidenses e mexicanos, compõem três quartos do ranking. No top 10, além do alvinegro da capital paulista aparecem Palmeiras e Grêmio . Ao
todo, são 15 agremiações do Brasil e 12 dos Estados Unidos.

Segundo do ranking, o Palmeiras vale, de acordo com o levantamento, 424,1 milhões de dólares (R$ 1,6 bilhão). Já o Grêmio, quinto colocado, é avaliado em 313 milhões de dólares
(R$ 1,17 bilhão).

A avaliação incluiu as 15 principais ligas da América (apenas primeira divisão) e considerou mais de 150 clubes.

Confira o top 10 do ranking com o Corinthians em primeiro

Rival do Corinthians, o Palmeiras é o segundo na lista
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Rival do Corinthians, o Palmeiras é o segundo na lista

1º - Corinthians - 462,2 milhões de dólares (R$ 1,73 bilhão)
2º - Palmeiras - 424,1 milhões de dólares (R$ 1,6 bilhão)
3º - Los Angeles FC (EUA) - 406 milhões de dólares (R$ 1,52 bilhão)
4º - New England Revolution (EUA) - 351,2 milhões de dólares (R$ 1,31 bilhão)
5º - Grêmio - 313 milhões de dólares (R$ 1,17 bilhão)
6º - Chivas (MEX) - 297,1 milhões de dólares (R$ 1,1 bilhão)
7º - Monterrey (MEX) - 281,8 milhões de dólares (R$ 1,05 bilhão)
8º - New York Red Bulls (EUA) - 264,1 milhões de dólares (R$ 990 milhões)
9º - River Plate (ARG) - 219,1 milhões de dólares (R$ 821 milhões)
10º - Boca Juniors (ARG) - 213,1 milhões de dólares (R$ 800 milhões)

Os outros brasileiros do ranking

Internacional (11º) - 201,1 milhões de dólares (R$ 754 milhões)
Flamengo (14º) - 175,8 milhões de dólares (R$ 659 milhões)
São Paulo (17º) - 156,4 milhões de dólares (R$ 586 milhões)
Atlético Paranaense (20º) - 137,2 milhões de dólares (R$ 514 milhões)
Santos (25º) - 110,3 milhões de dólares (R$ 413 milhões)
Vasco da Gama (26º) - 103,4 milhões de dólares (R$ 387 milhões)
Cruzeiro (31º) - 90,6 milhões de dólares (R$ 339 milhões)
Atlético Mineiro (34º) - 78,3 milhões de dólares (R$ 293 milhões)
Fluminense (41º) - 61,8 milhões de dólares (R$ 231 milhões)
Vitória (43º) - 59 milhões de dólares (R$ 221 milhões)
América Mineiro (47º) - 54,2 milhões de dólares (R$ 203 milhões)
Botafogo (50º) - 48,5 milhões de dólares (R$ 182 milhões)

Leia também: Condenados pela morte de palmeirense cumprirão pena em regime semiaberto

Se por um lado o Corinthians lidera o ranking pelo quinto ano consecutivo, por outro, o Sport, que apareceu em 2017, ficou fora na nova avaliação.

    Leia tudo sobre: futebol