Tamanho do texto

Timão leva gol no primeiro lance da partida, ensaia recuperação, mas acaba sofrendo sua primeira derrota na Copa Libertadores do América de 2018

Um apagão no início da partida custou a invencibilidade do Corinthians na Copa Libertadores da América de 2018. O Timão levou um gol no primeiro lance do jogo a acabou perdendo para o Independiente por 2x1 em sua arena na noite desta quarta-feira(2). Benítez e Romero, contra, fizeram os gols da equipe argentina. Jadson descontou para o time brasileiro.

Corinthians não resistiu à pressão no início e acabou derrotado em casa
Divulgação
Corinthians não resistiu à pressão no início e acabou derrotado em casa

Apesar do resultado, o Corinthians  segue na liderença do Grupo 7 da Libertadores, com sete pontos conquistados. O Independiente assumiu a segunda colocação da chave com seis pontos, mesma pontuação do Deportivo Lara, terceiro colocado.

O jogo

O Timão começou o jogo totalmente desligado e tomou um gol logo no primeiro minuto da partida: Meza fez boa jogada pela direita e cruzou para Romero, que bateu de primeira para defesa incrível de Cássio. No rebote, Benítez ficou sozinho e empurrou para o gol vazio.

Leia também: Liverpool perde para Roma, mas fará final contra Real

Nos minutos seguintes, os argentinos tiveram mais duas ótimas chances de marcar. Cássio voltou a brilhar ao defender dois chutes de Meza no mesmo lance. Logo depois, o Balbuena se atrapalhou ao tentar cortar um cruzamento e acabou acertando o travessão.

Após uma pressão nos primeiros minutos, o Corinthians começou a se organizar e ficar mais com a bola. Aos 22 minutos, no entanto, o Independiente, que já não pressionava como antes, conseguiu aumentar sua vantagem após o corintiano Romero desviar contra o próprio patrimônio após cobrança de escanteio.

Lateral confessa que bateu em Rodrygo de propósito: "Não tinha outro jeito"

O segundo gol não abalou a equipe comandada por Fábio Carille, que continou a trabalhar a bola. A recompensa veio aos 31 minutos, quando Jadson recebeu de Romero dentro da área e tirou de Campaña para diminuir a vantagem dos visitantes.

No final da primeira etapa, o Timão quase empatou com Romero, que testou firme após cobrança de escanteio de Jadson. No entanto, o goleiro Campaña fez ótima defesa para evitar o gol do paraguaio.

Na segunda etapa, o Timão voltou com o domínio do jogo. Marquinhos Gabriel voltou do intervalo na vaga de Mateus Vital. Aos 17, Carille colocou Pedrinho na vaga de Sidcley, puxando o volante Maycon para a lateral esquerda. O jovem jogador da base entrou desligado, mas, aos 31 minutos, fez ótima jogada pela ponta esquerda e serviu Jadson, que bateu firme, mas acabou mandando à direita do gol de Campaña.

Aos 33, o treinador corintiano deu sua última cartada ao promover a entrada do veterano Emerson Sheik na vaga de Jadson. O herói da Libertadores de 2012 ficou menos de dois minutos dentro de campo. Ele foi expulso após agredir Sanchez Miño com o jogo parado.

Cansado e com um homem a menos, o Timão tentou pressionar nos minutos finais, mas não conseguiu armar boas jogadas e acabou saindo derrotado dentro de casa.

Na próxima rodada da Libertadores, o Corinthians vai à Venezuela enfrentar o Deportivo Lara. O Timão precisa da vitória fora de casa para garantir sua classificação às oitavas de final.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.