Tamanho do texto

Assista ao vídeo publicado pelo clube alvinegro onde as jogadoras leem frases machistas retiradas da internet que serão estampadas nas camisas

Em mais uma ótima medida para tentar combater o machismo enraizado na sociedade brasileira e, consequentemente, no esporte, o Corinthians Feminino vai estampar em suas camisas frases machistas retiradas da internet nos jogos contra São Francisco-BA, pelo Campeonato Brasileiro, e Taubaté, pelo Paulistão, nos dias 25 e 28 de abril, respectivamente.

Leia também: Torcedores do Napoli lotam aeroporto de madrugada após vitória contra Juve

O Corinthians Feminino lidera o Grupo 02 do Paulistão e estreará no Brasileirão nesta quarta-feira
Divulgação/Corinthians
O Corinthians Feminino lidera o Grupo 02 do Paulistão e estreará no Brasileirão nesta quarta-feira

Para promover a ação, o Corinthians Feminino publicou um vídeo em suas redes sociais onde as próprias jogadoras leem frases machistas que foram publicadas em sites esportivos, no Twitter e no Facebook. "Futebol feminino é horrível, as atletas parecem estar perdidas dentro de campo", diz Alline Calandrini, zagueira da equipe. O clube também publicou, após o vídeo, um tweet dizendo "#RespeitaAsMinas".

Assista ao vídeo abaixo

Além de combater o preconceito, o clube propõem que empresas interessadas em ajudar nessa luta estampem suas marcas para patrocinar o time e cobrir as frases. "As atletas do Corinthians vão jogar com essas frases nas camisas para que as empresas patrocinem o time e cubram essas frases com suas marcas. Quando uma marca investe no futebol feminino ela silencia o machismo no esporte", diz o Corinthians no vídeo.

Leia também: Torcida do Real pede Neymar e Lewandowski, mas clube já tem outro alvo: Cavani

Resposta da torcida

Em geral, os comentários após a postagem do vídeo foram positivos, entretando, a maioria deles foram feitos por torcedoras mulheres. "É de iniciativas como essas que o futebol feminino precisa. Só falar sobre não muda o quadro, é preciso ação! Vlw, Timão! Não para, não para, não para!", escreveu uma. "Que orgulho desse time", disse outra. "Isso é Corinthians, ja quero um camisa dessa", afirmou mais uma torcedora.

Corinthians combativo

Esta não é a primeira ação corintiana em busca de respeito e igualdade entre os sexos. Na véspera do Dia Internacional da Mulher, em março deste ano, o time masculino jogou contra o Mirassol, pelo Paulistão, com a frase "Respeita as Minas" estampada no espaço principal da camisa. Além disso, distribuiu tatuagens temporárias com a mensagem "Não é Não".

Leia também: Melhor jogador da Premier League, Salah entra na mira do Real Madrid

O Corinthians Feminino estreará no Brasileirão diante do São Francisco-BA, nesta quarta-feira, às 17h30, na Arena. Já no sábado, dia 28, a partida será contra o Taubaté, às 15h, pela sexta rodada do Paulistão, no Estádio do Canindé. O clube lidera o Grupo 02 com 12 pontos - quatro vitórias em quatro jogos.

    Leia tudo sobre: futebol