Tamanho do texto

Com gols aos 7 do primeiro e aos 44 do segundo, Santos perde no Peru em sua estreia na competição. Time errou muitos passes, não conseguiu criar

O Santos  não conseguiu somar pontos na sua estreia na Libertadores contra o Real Garcilaso , do Peru. Jogando fora de casa, o time da Vila Belmiro sofreu o primeiro gol logo aos 7 minutos de jogo e e segundo no logo antes do apito final e perdeu por 2 a 0.

Leia também: Rolo compressor: Manchester City decide rapidamente e volta a vencer o Arsenal

Eduardo Sasha sendo marcado por jogador do Real Garcilaso
Reprodução/Twitter
Eduardo Sasha sendo marcado por jogador do Real Garcilaso

Com o resultado, o Santos é o lanterna do grupo, com nenhum ponto conquistado. Com o empate por 0 a 0 entre Nacional do Uruguai e Estudiantes da Argentina, os dois times somaram um ponto e dividem a segunda colocação. O líder é o próprio Real Garcilaso, que foi o único a vencer na rodada de estreia e soma 3 pontos.

O jogo

O técnico Jair Ventura escalou o Santos no 4-3-3, com um ataque de muita velocidade. Vanderlei foi o goleiro. Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota no setor defensivo. O meio de campo era comporto por Alison, Renato e Vecchio. Com Eduardo Sasha, Gabriel e Copeteno comando do setor ofensivo.

No entanto, o clube paulista foi surpreendido logo no início. Aos 7 minutos de jogo, Santillán driblou Daniel Guedes e deu belo passe para Vidales, que só teve o trabalho de empurrar para o gol aberto e tirar o zero do placar.

Leia também: Zagueiro do PSG se irrita com perguntas sobre ausência de Neymar: "Outra vez?"

Depois de sofrer o gol, o time se abeteu e começou a errar muitos passes e se limitava a defender. A melhor chance do clube foi aos 16 minutos. Gabigol recebeu belo passe, mas finalizou fraco e a zaga conseguiu afastar em cima da linha. Se não fosse por duas boas defesas de Vanderlei, o resultado para o intervalo poderia ser mais amplo.

Logo após volta para o segundo tempo, o goleiro continuou salvando o Peixe. Logo no primeiro minuto, Vanderlei voou para fazer linda defesa e manter a desvantagem em apenas um gol. Jair Ventura tentou mudar o time e colocar sangue novo. Promoveu as entradas de Arthur Gomes, Vitor Bueno e Rodrygo, mas nenhum conseguiu mudar o panorama da partida.

O castigo veio aos 44. Ramúa conseguiu espaço e mandou uma pancada de fora da área. A bola bateu no travessão e quicou dentro do gol santista. Depois de tanto martelar, o time da casa conseguiu ampliar a vantagem e assegurar os três pontos.

Leia também: La Coruña pede a prisão de seu técnico, mas o mantém no cargo; entenda

O Santos volta a atuar pela libertadores no dia 15, contra o Nacional, na Vila Belmiro. 

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.