Tamanho do texto

Ex-jogador agrediu um policial que fazia procedimento de identificação durante evento tradicional de cultura alemã no Rio Grande do Sul

Diguinho defendeu o Vasco por apenas um ano, entre 2015 e 2016
Reprodução
Diguinho defendeu o Vasco por apenas um ano, entre 2015 e 2016

O ex-jogador Diguinho foi preso na noite desta última quinta-feira (12), no Rio Grande do Sul. O meia, que já defendeu o Botafogo, Vasco e Fluminense, atualmente está sem clube e foi acusado de agressão a um policial militar durante um evento de cultura alemã no município de Canoas.

LEIA TAMBÉM: Oscar conta ter recebido propostas na Europa e revela motivo de ter ido à China

De acordo com a Brigada Militar, Diguinho deu um soco na boca de um policial militar que havia o abordado. Segundo o PM, juntamente com mais outro colega de trabalho, pararam o ex-jogador e uma mulher no final do Oktoberfest de Canoas. Seria mais um procedimento de identificação, mas enquanto verificava os documentos do casal, foi surpreendido com um soco.

Ainda segundo as autoridades, foi preciso que outros policiais interferissem na confusão para conter Diguinho e a mulher que o acompanhava. Ela, inclusive, teria tentado segurar os policiais para que o homem pudesse fugir. De acordo com o jornal Zero Hora , eles foram levados para um posto de saúde, medicados e então encaminhados para a central da Brigada Militar do evento.

Os policiais disseram terem usado a força para poder conter os dois envolvidos e o PM agredido fez exame de corpo delito. O casal acabaram assinando um termo circunstanciado e no fim, foram liberados. Diguinho responde por lesão corporal e a mulher que o acompanhava responde por resistência e desacato.

LEIA TAMBÉM: Filipe Luis confessa que já abusou de bebidas e vê Diego Costa melhor que Neymar

Carreira

Natural da cidade de Canoas, Rodrigo Oliveira de Bittencourt teve início no futebol pelo Cruzeiro, clube de Porto Alegre. Tendo ainda uma rápida passagem pelo Ulbra, também do Rio Grande do Sul, foi mais tarde comprado pelo o paulista Mogi Mirim.

LEIA TAMBÉM: Adriano Imperador admite planos de voltar aos gramados em 2018; leia mais

Em 2005, foi emprestado para o Botafogo do Rio, onde ganhou destaque e três anos mais tarde, foi comprado pelo Fluminense. Com o Flu, foram 218 jogos de 2009 a 2014. Em 2015, Diguinho passou a defender o Vasco da Gama , clube que deixou em maio de 2017, após quase seis meses sem atuar.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol