Tamanho do texto

Um juiz que não teve seu nome divulgado, foi vítima de um ataque de torcedores inconformados com a eliminação de campeonato recreativo

Futebol em Moçambique está de luto após morte de árbitro
Reprodução
Futebol em Moçambique está de luto após morte de árbitro

Um árbitro foi morto por torcedores após uma partida de futebol no distrito de Muidumbe, província de Cabo Delgado, em Moçambique. O nome da vítima não foi divulgado, mas a morte foi confirmada pelo diretor da Juventude e Eesportes local, Cláudio Sassita.

LEIA TAMBÉM: Cristiano Ronaldo pode deixar o Real Madrid até a próxima semana, diz jornal

De acordo com o dirigente, o árbitro foi morto a pauladas pelos adeptos da equipe derrotada, que perdeu o jogo por 1 a 0. O duelo, inclusive, tratava-se de parte de um campeonato recreativo do país e estava em fase eliminatória.

No campeonato, participavam 32 equipes de dois distritos: Muidumbe e Mueda. O vencedor do torneio ainda leva pra casa o prêmio de 75 mil moticais, a moeda de Moçambique . A quantia, na moeda brasileira, fica em torno de R$ 3,8 mil.

LEIA TAMBÉM: Larissa Riquelme está de volta como "namorada" de time; veja fotos da musa

"Os autores deste homicídio ainda não foram encontrados, mas a polícia já está investigando. Porque o que fizeram foi grave e não podem ficar sem castigo", afimou Sassita. "Têm-se registrado incidentes em jogos de futebol em Cabo Delgado, assim como em outras partes do país, mas sem grande importância. O que aconteceu em Muidumbe é uma situação inédita, nunca tinha tido um caso de morte em um campo aqui da província", declarou. 

O diretor da Juventude e Eesportes ainda alega que o homicídio pode ter sido facilitado pelo fato de não haver policiamento no local. Por não fazer parte de um torneio esportivo oficial da província, o sistema de segurança não deu muita atenção. "São jogos de aposta num sistema de mata-mata, que não são sequer comunicados às autoridades, faltando, por isso, proteção", explicou.

LEIA TAMBÉM: Jogador brasileiro morre um dia antes de se apresentar a novo time na Itália

Árbitro armado no Brasil

Recentemente, em um campeonato amador em Minas Gerais, um árbitro teria sido agredido por um jogador da partida. Então, ele foi até o banco de reservas, pegou uma arma e voltou para o gramado. O atleta, com medo, saiu correndo e pulou o alambrado do estádio. De acordo com o "EPTV Sul de Minas", o juiz tratava-se de um policial civil e por isso, tinha o porte legal de armas.

    Leia tudo sobre: futebol