Tamanho do texto

Jogador português estaria insatisfeito com a suspensão por cinco jogos devido expulsão e empurrão em árbitro e também por acusação de fraude

Cristiano Ronaldo está na mira do fisco espanhol e é acusado de sonegação
Divulgação
Cristiano Ronaldo está na mira do fisco espanhol e é acusado de sonegação

Faltando exata uma semana para o fechamento da janela de transferência do futebol europeu, o futuro de Cristiano Ronaldo parece estar incerto. De acordo com o jornal espanhol "El País", o português ainda não engoliu a suspensão de cinco partidas sem jogar e cogita deixar o Real Madrid ainda nesta próxima semana.

LEIA TAMBÉM: Larissa Riquelme está de volta como "namorada" de time; veja fotos da musa

"Agora ele só está focado em trabalhar. Está chateado pelas cinco partidas de suspensão e está trabalhando como sempre com a equipe, mas não podemos garantir se ele fica ou se sai. Veremos o que vai acontecer daqui até o dia 31 de agosto", disse uma fonte próxima à Cristiano Ronaldo .

O jogador foi julgado e punido pelo juizado de competição do país e suspenso em cinco jogos. Na última partida do Real contra o Barcelona, o craque foi expulso após receber o segundo cartão amarelo e cumpriria suspensão automática, mas ele ainda empurrou o árbitro Ricardo de Burgos, o que agravou sua penalização .

Irritado com o cartão vermelho, o craque empurrou o árbitro, que registrou a ação na súmula da partida. "Depois que eu mostrei o cartão vermelho , o jogador me empurrou como um sinal de desconforto", escreveu o árbitro no documento.

LEIA TAMBÉM: "Vou deixar o Real Madrid. Não tem mais volta", teria dito Cristiano Ronaldo

Fraude fiscal

Como se não bastassem as confusões dentro de campo, Cristiano Ronaldo ainda recebeu acusações de fraude fiscal pelo fisco da Espanha. O português é acusado pela Promotoria de Madri de cometer quatro crimes fiscais e não ter pago ao fisco 14,7 milhões de euros entre os anos de 2011 e 2014.

LEIA TAMBÉM: Torcedor escova os dentes na arquibancada durante jogo da Champions League

Logo após a denúncia do fisco espanhol, um jornal local chegou a afirmar que Cristiano Ronaldo teria ficado muito irritado com a situação e dito: "Vou deixar o Real Madrid, já decidi. Não tem mais volta". As pessoas que trabalham com o jogador ainda garantem que ele se sente vítima de perseguição na Espanha e por isso. o desejo de deixar o país. No entanto, vale lembrar que o contrato com o Real Madrid vai até 30 de junho de 2021.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.