Tamanho do texto

Atacante de 28 anos foi destaque do time na última temporada, mas mesmo assim foi preterido pelo técnico Antonio Conte e ainda segue sem clube

Sem espaço no Chelsea , o atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa voltou a comentar sobre sua relação conturbada com o técnico Antonio Conte. Desta vez, ao jornal inglês "Daily Mail", o jogador afirmou querer voltar ao Atlético de Madri e disse que está sendo tratado como um "criminoso" na equipe inglesa.

Leia também: Cristiano Ronaldo é suspenso por cinco jogos por expulsão e empurrão em árbitro

Mesmo sendo um dos destaques dos Blues na temporada passada, com 20 gols marcados e a conquista do Campeonato Inglês, Diego Costa recebeu em junho uma mensagem de texto do treinador italiano informando que o atacante não faria mais parte dos planos do Chelsea.

Diego Costa e seu principal motivo de deixar o Chelsea mesmo após uma boa temporada: Antonio Conte
Divulgação
Diego Costa e seu principal motivo de deixar o Chelsea mesmo após uma boa temporada: Antonio Conte

Desde então, o jogador está afastado, e mostrou muita mágoa com os diretores do clube londrino. "Eles querem que eu fique treinando com os reservas. Eu não teria permissão para ir ao vestiário do time profissional e não teria contato com nenhum dos jogadores. Eu não sou um criminoso!", afirmou. Sobre Antonio Conte, Diego Costa revelou.

"Eu o respeito como um grande treinador. Ele fez um bom trabalho, eu posso ver isso. Mas não como pessoa. Ele não é um treinador que fica perto dos seus jogadores, ele é muito distante. Não tem carisma". O atacante de 28 anos ainda não escondeu o desejo de retornar ao clube onde se destacou entre 2012 e 2014, o Atlético de Madri.

Leia também: Barcelona oficializa contratação de Paulinho por mais de R$ 150 milhões

"Meu desejo é ir para o Atlético de Madri. Eu rejeitei outras ofertas. Eles queriam me vender para a China e outros clubes. A língua é melhor para mim na Espanha. Se eu sair, vou para o clube que eu quero ir, não o que está pagando mais", disparou.

Sem jogar e com contrato até 2019, Diego Costa está aproveitando suas "férias" em sua cidade natal, Lagarto, no interior do Sergipe. A cada semana sem se apresentar no clube inglês, o jogador revela que está sendo multado.

"Não sou movido pelo dinheiro. Estou aberto a ficar um ano no Brasil sem jogar, mesmo que o Chelsea fique um ano sem me pagar", concluiu.

Solução

A janela de transferências de verão se encerra no dia 31 de agosto, e Diego Costa é desejado por empréstimo por alguns clubes, como o Milan. O atleta ficaria até dezembro e depois seria transferido ao Atlético de Madri para dar sequência na carreira.

Leia também: Após eliminação, torcedores do América-RN destroem estrutura da Arena das Dunas

Na primeira rodada do Campeonato Inglês, sem Diego Costa, o time de Antonio Conte e atual campeão, foram surpreendidos pelo Burnley, ao serem derrotados por 3 a 2 no Stamford Bridge, em Londres.

    Leia tudo sobre: futebol