Tamanho do texto

Welliton está com 30 anos de idade e tem passagens por São Paulo, Grêmio, Spartak Moscou e Celta de Vigo

Atacante Welliton estava no Kayserispor desde 2016, mas como não recebeu salários, foi liberado pela Fifa
Divulgação
Atacante Welliton estava no Kayserispor desde 2016, mas como não recebeu salários, foi liberado pela Fifa

O experiente atacante Welliton , de 30 anos de idade, está livre no mercado para negociar com qualquer clube do mundo. O jogador ficou três meses sem receber salários do Kayserispor, time da Turquia que defende desde 2016, e decidiu acionar a Fifa, que deu uma semana para que os vencimentos pudessem ser quitados. Como não foi pago pelos turcos nesse prazo, a entidade liberou o atleta do contrato.

Leia também: Neymar quer mais R$ 95 milhões e deve denunciar o Barcelona na Fifa

Natural de Conceição do Araguaia, no Pará, o atacante foi revelado pelo Goiás em 2005, sendo negociado com o Spartak Moscou, da Rússia, dois anos depois. No Brasil ele ainda jogou por Grêmio e São Paulo, além de Celta de Vigo, da Espanha, e Mersin İdmanyurdu, também da Turquia.

Leia também: Fellaini leva bolada no rosto e vira meme nas redes sociais; veja os melhores

A melhor fase da sua carreira foi no futebol russo, onde disputou 133 jogos pelo Spartak e marcou 61 gols entre julho de 2007 e fevereiro de 2013. Além disso, Welliton foi o artilheiro da Liga Premier Russa nas temporadas de 2009 e 2010. Nesse tempo que manteve contrato com o clube de Moscou, foi emprestado para São Paulo, Grêmio e Celta.

Welliton defendeu as cores do São Paulo em 2013
Site oficial
Welliton defendeu as cores do São Paulo em 2013

Neymar também na Fifa

Além de Welliton, Neymar também deve acionar a Fifa nos próximos dias. Depois de deixar o Barcelona pela porta dos fundos e acertar sua transferência ao PSG, o jogador agora estuda denunciar o clube espanhol na entidade. O brasileiro exige o pagamento de 26 milhões de euros (cerca de R$ 95,4 milhões) referente à premiação acordada na renovação de contrato realizada em outubro de 2016, mas os catalães já avisaram que não vão desembolsar esse valor.

Leia também: Abel Braga explica morte do filho: "Ele caiu nu. Não sabemos se foi na crise"

Segundo o Barça, a decisão de Neymar em deixar o time para jogar no futebol francês violou alguns pontos do acordo da renovação de vínculo até 2021, por isso o depósito do bônus foi suspenso. De acordo com o diário "Mundo Deportivo", o atacante deverá acionar a entidade e o caso será analisado pela Câmara de Resolução de Disputas.

    Leia tudo sobre: Futebol