Tamanho do texto

Líderes de torcida do Billericay Town foram dispensadas um mês após serem contratadas. Algumas estavam se envolvendo com jogadores do time

Cheerleaders foram demitidas do Billericay Town, clube do futebol inglês
Divulgação
Cheerleaders foram demitidas do Billericay Town, clube do futebol inglês

O modesto  Billericay Town , clube semi-profissional da Inglaterra que disputa a Non League Premier, o equivalente à sétima divisão do país, tomou uma atitude inusitada contra as suas cheerleaders: decidiu demitir todas elas. 

Leia também: Cheerleader, um sucesso nos EUA e que ainda engatinha no Brasil

A decisão foi de Glenn Tamplin, dono do clube, que considerou as moças sexy demais e que estavam atrapalhando o rendimento dos seus jogadores nas partidas. Segundo o dirigente, as cheerleaders mantinham até relacionamentos com os atletas fora de campo, nas horas vagas.

Cheerleaders foram demitidas do Billericay Town, clube do futebol inglês
Divulgação
Cheerleaders foram demitidas do Billericay Town, clube do futebol inglês

"Estamos muito desapontados que nosso projeto não foi para frente, mas o que fica foram as amizades que fizemos no Billericay Town. É uma pena que temos uma equipe para trabalhar, mas ninguém para apoiar", comentou Bekka Batchelor, líder do grupo de moças que perdeu o emprego.

Leia também: De férias da NFL, cheerleaders fazem churrasco de biquíni; veja fotos

O motivo

Glenn Tamplin usou sua conta do Twitter para explicar o motivo da dispensa das cheerleaders do clube. "Tivemos que tomar essa atitude porque elas estava tirando o foco dos nossos jogadores e algumas delas, não todas, mantinham relacionamento com eles", disse o mandatário.

Algumas das líderes de torcida tiveram seus nomes revelados, como a própria Bekka Batchelor, Leah Torrington, Melissa McAllister, Molly Simmonds e Jodie Hall. Elas começaram a trabalhar no clube em julho deste ano e não ficaram nem um mês.

Leia também: Prostituição e drogas: a vida secreta de cheerleaders que escandaliza os EUA

Veja mais fotos das moças:

Take us back ✌🏽🍷🥂😘 ☀️@elizasimonelli @laurenrosemusic

Uma publicação compartilhada por Melissa Mcallister (@mel_mcallister) em



Fifth Avenue 📸😎

Uma publicação compartilhada por Melissa Mcallister (@mel_mcallister) em




@paper_soho 😈

Uma publicação compartilhada por L E A H (@leahtorrington) em



Mclean's 21st 🐾🐒🦁🐍

Uma publicação compartilhada por L E A H (@leahtorrington) em




Don't be like the rest of them.

Uma publicação compartilhada por Bekka Batchelor (@bekkabatchelor) em

De acordo com informações do diário "The Sun", Glenn Tamplin quer que o Billericay Town seja um clube família, e a presença das cheerleaders prejudicava essa imagem.


    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.