Tamanho do texto

"A LFP está surpresa e não entende a recusa da Liga (Espanhola) de simplesmente aceitar o pagamento da multa", disse em comunicado oficial

A Liga de Futebol Profissional (LFP) da França mostrou surpresa com a recusa da Liga Espanhola de receber o pagamento de 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 818 milhões) dos advogados de Neymar para liberar a transferência do craque do Barcelona ao Paris Saint-Germain , nesta quinta-feira.

Leia também: Neymar deve mudar cenário do futebol mundial com a "venda do século"

"A LFP está surpresa e não entende a recusa da Liga (Espanhola) de simplesmente aceitar o pagamento da multa liberatória do jogador Neymar. A LFP pede para a Liga respeitar as regras da Fifa e suas responsabilidades. A LFP apoia o Paris Saint-Germain e deseja que Neymar se junte ao campeonato da Ligue 1 (Francês). O departamento jurídico da LFP está apoiando e à disposição do PSG para que o contrato de Neymar seja aprovado o mais rápido possível ", informaram os franceses, em nota. 

Liga Francesa pede que espanhóis aceitem pagamento de Neymar
Divulgação
Liga Francesa pede que espanhóis aceitem pagamento de Neymar

Entenda o caso

De acordo com o jornal "Marca", a Liga Espanhola não aceitou o pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros pela compra de Neymar. Segundo a publicação do periódico espanhol, o advogado em direito esportivo Juan de Dios Crespo foi o encarregado pelo atleta para depositar o cheque com o valor da multa na sede da entidade, mas o pagamento não foi sido aceito.

Leia também: "Futebol dos petrodólares", diz carrasco do Brasil em 1982 sobre Neymar

O jornal afirma que agora, após o entrave, o brasileiro e seus representantes devem entrar com um pedido na Fifa até esta sexta-feira para que a transferência possa ser concluída. Tecnicamente, a entidade que gere o futebol na Espanha não pode impedir a saída de um atleta que está cumprindo uma determinada cláusula que consta em seu contrato.

Na última semana, ainda quando a negociação era um rumor, o presidente da La Liga , Javier Tebaws, já tinha informado que não receberia o pagamento e que denunciaria o PSG pelo gasto exorbitante da negociação, que iria ferir o chamado "fair plair financeiro".

Leia também: Saída de Neymar do Barcelona leva internet à loucura; veja os melhores memes

Já o Barcelona chegou a informar nesta quarta-feira, através de uma nota oficial, que Neymar só iria deixar o clube com o pagamento integral da multa rescisória. A transferência é a maior da história do esporte, sendo o dobro da maior venda da história.


    Leia tudo sobre: Futebol