Tamanho do texto

Segundo a imprensa europeia, lateral direito de 34 anos deve jogar pela primeira vez no futebol inglês e ser comandado novamente por Guardiola

O lateral direito Daniel Alves confirmou, nesta terça-feira, sua saída da Juventus . O anúncio foi feito através de uma publicação em suas redes sociais e reforça o que a imprensa europeia tem noticiado, de que ele deve se transferir para a Inglaterra e defender as cores do Manchester City .

Leia também: Fifa divulga relatório sobre corrupção e ex-presidente da CBF será investigado

Em sua declaração escrita em italiano, Daniel Alves agradeceu aos torcedores da Velha Senhora e os profissionais com quem trabalhou durante uma temporada que esteve em Turim. O brasileiro de 34 anos ressaltou ainda que acredita que o respeito e a dedicação que apresentou em sua passagem pela Itália fez da Juve um clube ainda maior.

Daniel Alves em ação com a camisa da Juventus pela Liga dos Campeões
Reprodução/Twitter/ChampionsLeague
Daniel Alves em ação com a camisa da Juventus pela Liga dos Campeões

O ex-jogador do Barcelona pediu desculpas, caso tenha ofendido algum torcedor da equipe e ponderou que joga por amor ao esporte e não por dinheiro.

Leia também: Torcedor da Roma que matou rival tem pena reduzida pela Justiça italiana

Leia a declaração completa abaixo

"Gostaria de agradecer a todos os torcedores da Juventus pelo ano vivido aqui, aos companheiros por acolherem-me e aos profissionais, que por causa deles esse clube vence e chega às finais.

Acredito que meu respeito a esse clube e seus torcedores foi minha dedicação, minha entrega, minha paixão e todo meu esforço para fazer desse clube, um clube maior a cada dia.

Peço desculpas aos torcedores da Juventus se em algum momento pensaram que fiz alguma coisa para ofendê-los. Jamais tive essa intenção, apenas tenho uma forma de viver as coisas espontaneamente, que pouca gente entende. Embora pareça que não sou perfeito, meu coração é puro.

Hoje termina nossa relação profissional e levarei comigo todos os que fazem de verdade e de coração a Juventus um grande clube. Como sabem, sempre peco por dizer o que penso e o que sinto.

Sinto que devo dizer 'obrigado' ao senhor Marota (Beppe, diretor da Juventus) pela oportunidade que ti dei de ter um grande profissional e alguém que ama sua profissão como qualquer um. Não jogo futebol por dinheiro, jogo futebol porque amo essa profissão e respeito os que fazem parte dela.

Deixarei que você aproveite o que trabalhei para que você tenha muitos anos de férias. Eu amo o futebol e o dinheiro jamais vai me manter em algum lugar.

Muito obrigado!"

Me gustaría agradecer a todos los TIFOSI DE LA JUVENTUS por el año vivido, A LOS COMPAÑEROS POR ACOGERME Y A LOS PROFESIONALES QUE SON, POR ELLOS QUE ESE CLUB GANA Y LLEGA A FINALES. Creo que mi respecto a ese club y su afición fue minha dedicación, mi entrega, mi pasión y todo mi esfuerzo para hacer de ese club, un club más grande cada día. Pido perdón a los aficionados de la Juventus si algún momento pensaron que hice alguna cosa para ofenderles, nunca jamás tuve esa intención, apenas tengo una forma de vivir las cosas espontáneamente QUE pocos lo entienden... aunque parezca no soy perfecto, pero mi corazón es puro. Hoy finaliza nuestra relación profesional y llevaré conmigo todos los que hacen de verdad y de corazón la Juve un grande club. Como saben yo siempre peco por decir lo que pienso y lo que siento.... yo siento que debo decir gracias al señor MAROTA por la oportunidad que te di de tener um grande profesional e alguien que ama su profesión como el que más.... no juego al fútbol por dinero, juego al fútbol porque amo essa profesión y respecto a los que forman parte de ella. Dejare que tu aproveches lo que he trabajado para que tu hagas muchos años de vacaciones. Yo AMO EL FÚTBOL y dinero jamás va me retener en algún lugar. MUCHAS GRACIAS! #TAMOACTIVOPANITA🤙🏾💣🎬

Uma publicação compartilhada por DanialvesD2 My Twitter (@danialves23) em

Leia também: Clube da 2ª divisão japonesa faz oferta oficial para contratar o italiano Totti

Daniel Alves conquistou o Campeonato Italiano e a Copa da Itália com a Juventus. Além disso, chegou à final da Liga dos Campeões, mas acabou derrotado pelo Real Madrid por 4 a 1. O baiano agora pode reencontrar o técnico Pep Guardiola, por quem tem grande carinho e conquistou vários títulos juntos pelo Barcelona.

    Leia tudo sobre: Futebol