Tamanho do texto

Lateral brasileiro negou qualquer tipo de mal-estar com diretoria da Juventus e ainda deixou mistério sobre seu futuro na equipe italiana

Daniel Alves, 34 anos, veste a camisa da Juventus desde 2016, quando saiu do Barça
Divulgação
Daniel Alves, 34 anos, veste a camisa da Juventus desde 2016, quando saiu do Barça

De férias no Brasil após o vice-campeonato na Liga dos Campeões, Daniel Alves fez mistério sobre o seu futuro dentro de campo pela Juve. O lateral brasileiro afirmou que se tiver que sair do time italiano durante a atual janela de transferências, irá sair "pela porta da frente".

LEIA TAMBÉM: Dani Alves sobre Barcelona: "Eu tenho certeza que eles sentem a minha falta"

"Não odeio a Juventus. Eu sou agradecido. O que não existe é que, se acontecer de eu sair da Juventus, sairia brigado. Se acontecer, eu vou sair pela porta da frente", disse Daniel Alves durante entrevista ao apresentador Pedro Bial. "Eu ganhei esse direito. Eu escolhi ir para lá. Saí do Barça, a melhor escola de futebol do mundo, para lá".

A declaração justifica uma recente entrevista dada pelo jogador ao canal "Esporte Interativo", na qual o jogador chegou a deixar explícito o desejo de jogar na Inglaterra. Além disso, ainda aconselhou o argentino Paulo Dybala dizendo que para "evoluir", ele precisaria deixar a Velha Senhora. As falas de Dani Alves geraram um grande mal-estar na Itália.

LEIA TAMBÉM: Neymar apresenta novo cabelo e vira piada na internet; veja os memes

Saída da Velha Senhora

Ex-jogador do Barcelona, o brasileiro Dani Alves assinou com a Juventus em junho de 2016
Reprodução/ Instagram
Ex-jogador do Barcelona, o brasileiro Dani Alves assinou com a Juventus em junho de 2016

Na última quarta-feira (21), Beppe Marotta, CEO da Juve , confirmou que o brasileiro estava deixando o time italiano por meio de uma "resolução consensual". Ao ser questionado por Pedro Bial sobre o fato, o jogador afirmou não saber "o que está acontecendo" na equipe de Turim .

LEIA TAMBÉM: Nove brasileiros aparecem no top 100 de atletas mais famosos do mundo; confira

"Você está me dando essa notícia em primeira mão. Quando saí de lá, deixei meu pessoal resolvendo tudo. Eu aprendo o inglês porque ele é necessário. Todo mundo sabe da minha admiração pelo Pep (Guardiola). Se isso acontecer, será um enorme prazer. Se tivesse algo, eu falaria. Não tenho problemas com isso", disse o jogador sobre a possibilidade de ser transferido ao inglês Manchester City .

    Leia tudo sobre: futebol