Tamanho do texto

Por este motivo, Messi poderá entrar em campo nas quatro últimas partidas da Argentina pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018

A Comissão de Apelação da Fifa aceitou, nesta sexta-feira, o recurso apresentado pela Associação de Futebol Argentino contra a suspensão de quatro jogos dada para Lionel Messi, e deixou o jogador livre para atuar nos próximos compromissos da seleção albiceleste nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Leia também: Para Zidane, Cristiano Ronaldo deve ganhar a quinta Bola de Ouro: "Está próximo"

Messi , principal jogador da Argentina na atualidade foi suspenso no ifm de março por conta de um episódio na partida de sua seleção contra o Chile, quando o craque ofendeu com palavrões o auxiliar do duelo, o brasileiro Emerson de Carvalho.

Messi havia sido suspenso por xingar auxiliar brasileiro
Divulgação
Messi havia sido suspenso por xingar auxiliar brasileiro

O meia-atacante, então, foi denunciado pelos xingamentos, mas a Comissão de Apelação da entidade máxima do futebol, julgou que não haviam provas necessárias para julgar a conduta de Lionel, mesmo com as imagens de vídeo, e decidiu retirar a suspensão.

Defesa

Em sua defesa, Messi havia dito, ainda em março, que as palavras foram jogadas ao ar e não dirigidas ao auxiliar e que sua conduta durante sua carreira era um exemplo e deveria ser analisada.

Leia também: Em sua defesa, Messi diz que palavrões foram "ao ar" e pede ajuda do pai

"Os vídeos estão editados e não podem comprovar sua veracidade, não mostram em nenhum momento que tenha existido uma ofensa da minha parte ao assistente 1, nem uma conduta lesiva do código disciplinar da Fifa. Algumas das minhas palavras ditas jamais foram dirigidas a sua pessoa, mas foram jogadas ao ar, e obviamente peço desculpas por isso", escreveu em carta.

"Minha postura é apoiada pelo meu legado de conduta, ao longo da minha carreira, que é irrepreensível, não tendo praticamente expulsões em todo o tempo como jogador de futebol profissional, tanto pelo meu clube, como em minha seleção. Em qualquer caso, nunca por ofensas como as descritas neste expediente", acrescentou.

Leia também: Messi não vai à reunião da Fifa e alega  "problemas pessoais"

Situação da seleção

Faltam quatro jogos para o fim das Eliminatórias para a Copa da Rússia e Messi poderá ajudar a Argentina a buscar a classificação. Hoje, a equipe se encontra na quinta colocação (iria para a repescagem), com 22 pontos. O próximo duelo será contra o Uruguai, fora de casa. As outras partidas serão contra Venezuela, Peru e Equador.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.