Tamanho do texto

Com salário de cerca de R$ 22,7 milhões por ano, brasileiro é o jogador da liga norte-americana de futebol que mais recebe

Kaká joga nos Estados Unidos desde 2014
Reprodução
Kaká joga nos Estados Unidos desde 2014

Recém-completados 35 anos, Kaká está com a moral alta nos Estados Unidos. Pelo terceiro ano consecutivo, o meia brasileiro do Orlando City é o mais bem pago da liga norte-americana de futebol. De acordo com informações do sindicato de jogadores da MLS (Major League Soccer), o ex-Milan recebe cerca de R$ 22,7 milhões por ano do time da Flórida.

LEIA TAMBÉM: "Na área, fui bem melhor que Messi e Maradona", garante Romário

Com este salário, o brasileiro ainda supera grandes nomes do futebol mundial como o italiano Andrea Pirlo, o alemão Bastian Schweinsteiger e o espanhol David Villa. Kaká defende o Orlando City desde 2014, quando chegou depois de sua segunda passagem pelo Milan.









LEIA TAMBÉM: Das críticas aos elogios, Zagallo aposta que Neymar será o melhor do mundo

Os 10 mais bem pagos da MLS:

1º Kaká (Brasil): R$ 22,7 milhões
2º Sebastian Giovinco (Itália): R$ 22,3 milhões
3º Michael Bradley (EUA): R$ 20,3 milhões
4º Andrea Pirlo (Itália): R$ 18,5 milhões
5º David Villa (Espanha): R$ 17,5 milhões
6º Giovani Dos Santos (México): R$ 17,2 milhões
7º Bastian Schweinsteiger (Alemanha): R$ 16,8 milhões
8º Jozy Altidore (EUA): R$ 15,1 milhões
9º Clint Dempsey (EUA): R$ 12 milhões
10º Diego Valeri (Argentina): R$ 8,2 milhões

LEIA TAMBÉM: Messi é homenageado por Ronaldinho e outros jogadores após o 500º gol pelo Barça

Nascido no Destrito Federal, Ricardo Izecson dos Santos Leite iniciou a carreira no time da categoria de base do São Paulo, onde se profissionalizou em 1999. Em 2003, foi para o Milan e em 2009, foi transferido para o Real Madrid. Antes de jogar nos Estados Unidos, Kaká voltou ao clube italiano em 2013.

Em 2007, Kaká recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo pela Fifa e pela revista francesa France Football. No mesmo ano, foi campeão da Champions League com a camisa do Milan. Com a seleção brasileira, o meia foi campeão da Copa do Mundo de 2002.